Zico detona “cheirinho” no Flamengo, cita Aerofla e cobra jogadores.

31
Zico se mostrou bastante irritado – Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press

SUPER
ESPORTES
: Pense num homem bravo menos de 24 horas depois da eliminação do
Flamengo da Libertadores. Era Arthur Antunes Coimbra, o Zico, no hall do hotel
em que estava hospedado, em Brasília, nesta quinta-feira. 

Antes de seguir para
o Centro de Convenções — onde ministrou a palestra “Uma noite nota 10”, a
convite do médico Marcus Vinicius Montenegro, especialista em traumatologia
esportiva —, o Galinho falou ao Correio das dores no jelho, dos remédios que
toma para disputar peladas, da dificuldade para ficar sentado com a perna
dobrada e a 90 graus, da necessidade de esticá-las… Mas a dor de ontem não
era nas pernas. Atingiu a alma rubro-negra do maior ídolo da história do clube.
Depois da noite mal dormida e do almoço na capital federal, Zico foi duro ao
desabafar obre mais um vexame do Flamengo. Disse que o time não é isso tudo;
subiu o tom com o cheirinho, mantra da torcida; pediu aos jogadores respeito ao
aerofla — multidão que carrega a delegação ao embarque antes de jogos
importantes —; detonou o desperdício da geração campeã da Copa São Paulo de
Futebol Júnior em 2011; e defendeu a permanência de Zé Ricardo. Não sem antes
criticar o trabalho do técnico contra o San Lorenzo. 

Zico falou também da crise
política no Brasil. Sem citar nomes, disse que se decepcionou com pessoas em
quem confiou. Um deles, provavelmente, o senador Aécio Neves, de quem foi cabo
eleitoral nas eleições de 2014. E só voltou a sorrir ao comentar sobre seu mais
novo projeto: o Canal Zico 10, no YouTube.

Eliminação rubro-negra
Foi a
única partida em que o Flamengo jogou um tempo 
inteiro mal. E não podia. Eu vi os seis jogos. Em três, eu estava ao
Maracanã. O Flamengo desperdiçou a chance de ganhar pelo menos um ponto,
principalmente com a Universidad Católica, que era a mais fraca do grupo. Um
time que só tem a opção daquele centroavante (Santiago Silva). E o Flamengo
levou dois gols dele, um dentro e um fora. Na Libertadores, você tem de ganhar
nove pontos em casa e um fora.
Culpados
Eu
acho que não era necessário fazer as alterações. A não ser que alguém tenha
pedido. O Flamengo não estava sendo dominado. Quando mudou, passou a ser
dominado. Por que? O Gabriel não é velocista. O Rômulo é um cara que marca,
puxou o time para trás. Só ficou o Everton. As alterações que foram feitas
deram a impressão ao time de que era para segurar o resultado. Instintivamente,
o jogador faz. O Berrío não estava bem, mas é uma opção de ataque, de
velocidade. Quando o Berrío saiu, acabou. Ficou só o Guerrero isolado. O
Matheus Sávio entrou e ficou de lateral! O time terminou com três zagueiros
(Réver, Rafael Vaz e Juan) e três volantes (Márcio Araújo, Willian Arão e
Rômulo).No segundo gol, a falta foi na direita da defesa e o Trauco estava na
barreira. Não entendi nada. O Trauco é lateral esquerdo. O que ele fazia na
barreira e o Matheus Sávio dentro da área? A bola sobra, aos 47 do segundo
tempo, e tem um cara livre dentro da área!
Choque de realidade
Venderam
que o Flamengo tem um p… plantel, um p… time, excepcional… Não é nada
disso. Os resultados da Libertadores estão aí. As pessoas falam que sou muito
crítico. Eu não sou muito crítico, eu sou exigente. Conheço aquela p… ali
toda. Eu sei o que é o Flamengo. Poucos conhecem o Flamengo como eu. Não vou
passar a mão na cabeça. Quero ver o patrimônio maior do Flamengo, que é a
torcida, feliz. Agora, vamos passar as verdades para a torcida. É ela que lota
aquela p… (Maracanã) lá. E estão sempre apoiando.
Caça às bruxas
Não
precisa. Tem um Campeonato Brasileiro, uma Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.
É seguir em frente, tirar alguma lição disso tudo. Não acho que deve trocar o
técnico. O cara (Zé Ricardo) só melhora com as coisas acontecendo. Na final (do
Carioca), ele fez duas mudanças e disseram que deu nó tático (no Abel Braga).
Foi uma pena que não deu certo no momento que tinha que dar, né.
Cheirinho de…
São
cinco eliminações na fase de grupos. O problema dessa agora é que o Flamengo
fez investimentos, gerou expectativa demais no torcedor.  A cobrança acaba sendo maior. Os caras (torcida)
estavam pensando lá no Real Madrid (Mundial de Clubes). P…, é passo a passo.
Você não pode não pode deixar transmitir isso. Se alguém tá falando, tem que
cortar isso pelo meio. Foi igual no ano passado, quando começou esse negócio de
cheirinho. Cheirinho é o cacete! Não tem isso. 
Tem quem deixe se levar por isso. Aí, a sacanagem aumenta quando perde.
Vinicius Junior
Ele é
um jogador maravilhoso, mas ainda é um juvenil. É espetacular para a categoria
dele. Se apressarem isso, a torcida vai para dentro do estádio esperar que ele
faça as mesmas coisas que estão acontecendo no sub-20. Se ele estiver adaptado
ao ritmo de profissional tem que jogar… Mas não é sempre que aparece um
Neymar, um Messi com essa idade. Mas esses dois são garotos que tiveram
sequência nessa categoria. O Vinicius precisa ter sequência de treino nos
profissionais para ir se adaptando.
Humildade
Quando
o (Fleitas) Solich lançou-me no time, em 1971, eu tinha 18 anos. Fiquei
treinando com eles muito tempo. Subi do juvenil e fiz muitos jogos treinos…
Entrei desde o início no Brasileirão. Jogava bem, jogava mal. Subi e voltei
(para o juvenil). Nas voltei com espírito de juvenil, não retornei com espírito
profissional. Fiz um estágio no profissional. Fui lá e voltei. Hoje, o jogador
não pensa mais dessa maneira. Quando tem que voltar, diz logo: ‘não, sou
profissional, c…’.
Pressa
Nós
perdemos a geração daquela segunda Copinha (2011). Esqueceram que a idade
naquela segunda Copinha não era 20 anos. Baixaram para 18. Era o Adryan, Rafinha,
Thomás, Lorran… O Flamengo perdeu aquela geração inteira porque lançou
apressadamente. Eram moleques de 17, 18 anos. Perdemos essa geração. Não tem
ninguém. E aí?
Estrangeiros
Eu sou
da seguinte opinião: entre um jogador estrangeiro que faz isso e um da base que
também faz isso, eu prefiro o da base. 
Eu não vou perder tempo com quem não vai me dar mais. O Flamengo tem
muitos jogadores lá que, se comparar com os cara da base, tipo o (Felipe)
Vizeu, Léo Duarte, (Lucas) Paquetá, o Matheus Sávio, o Ronaldo, são do mesmo
nível. Aí, temos que jogar com os da base.
Aerofla
Na
minha época, não tinha esse negócio de 5 mil pessoas para levar o jogador ao
embarque. Se tem isso agora, o cara tem que dar a vida ali dentro do campo.
Parece que aquilo ali é obrigação. Não é obrigação. Sou torcedor, fico mal,
durmo mal quando vejo as coisas assim. O Flamengo está contratando, tem
credibilidade, a estrutura é de primeiro mundo, o CT é sacanagem (maravilhoso).
O cara só tem que jogar.
Passividade da diretoria
O
Flamengo tem que exigir pelo que está dando. Desde que essa gestão assumiu,
está todo mundo recebendo em dia. Quando veio essa turma, que eu participei no
início, falei: ‘vocês querem a minha participação, então me garantam que não
vão atrasar salário. Pagando em dia e dando condições de trabalho, vocês podem
exigir alguma coisa. Eles cumpriram. Está tudo em dia. O Flamengo tem um CT lá
que oferece tudo o que o profissional precisa, comodidades que o jogador do
Real Madrid, do Barcelona, do Paris Saint-Germain, do Bayern tem. Campos
maravilhosos, sala de fisioterapia, de almoço, tudo. Se o cara quiser morar lá,
fica. O cara só tem que treinar.
Técnico-ídolo
Eu
nunca quis ser técnico no Brasil. Tudo o que eu tinha a fazer pelo Flamengo, eu
fiz. Tive a experiência em 2010 (como diretor de Futebol) e aquilo mostrou que
eu não posso ocupar cargo nenhum no Flamengo. Você fala do Renato Gaúcho
(Grêmio), Rogério Ceni (São Paulo e Petkovic (Vitória). Eles serão sempre
ídolos desses clubes. Agora, indo mal como técnicos, vão chamá-los de burro. O
ídolo não apaga. Quando vira técnico, é criticado como os outros. Não pensem
que vão aliviar. Não há blindagem.
Crise política no país
É uma
tristeza para todos nós ver uma situação como essa. Sempre existiu, mas,
agora,  tem visibilidade. As redes
sociais ajudam. A fiscalização é muito maior, as coisas são imediatas. Tomara
que isso tenha seguimento, um fim. E que surja uma geração que não cometa
descalabros. Às vezes, nos decepcionamos com quem a gente acreditava (foi cabo
eleitoral de Aécio Neves em 2014), mas o poder mexe com as pessoas. Eu lamento
profundamente como brasileiro.
Projeto social
Hoje,
trabalhar com governo, com prefeitura, está muito complicado por causa desses
problemas que estão aí. A gente oferece (o Zico 10). Se der certo, deu. Às
vezes, eles não precisam bancar nada. Só os espaços, em troca da visibilidade.
Mas a gente sabe como é trabalhar com dinheiro público. Você está com um
problema na saúde e abre uma escola de futebol, aí todo mundo cai de pau. Não
quero isso, quero o melhor para o cidadão.
Youtuber
Eu não
me sinto um youtuber. Sou um cara que tive a felicidade de ter uma carreira
bonita, que abriu muitas portas, amizades. Chamei, por exemplo, o Anderson
Silva, e o coloquei para bater falta. Errou todas. Aí, ensinei como fazia e ele
acertou duas na gaveta. O cara sai de lá feliz porque participou. Eu tenho 100
mil inscritos, peço até para o pessoal entrar lá no Zico 10, curtir,
compartilhar, assinar…
Juventus x Real Madrid
Individualmente,
o Real Madrid é superior. Coletivamente, a Juventus é melhor. Eu espero ver um
grande jogo (em 3 de junho), como foram todos os outros, e é uma partida só. O
cara sabe que não pode errar. Não haverá outra chance.
Seleção Brasileira
Foi
uma mudança da água para o vinho, tudo graças à competência do Tite. O Brasil
perdeu dois anos. Depois que acabou a Copa do Mundo, já tinha que ser o Tite.
Era o cara mais vencedor, com maior conhecimento de futebol. Fizeram a
experiência novamente com o Dunga. Não deu certo… Não dizem que Seleção tem
que ter os melhores do momento? Técnico também. Naquele momento, o melhor era o
Tite. Não chamaram. Tem tudo para ser candidato ao título.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here