Rhodolfo é o 7º zagueiro contratado pelo Flamengo desde 2015.

12
Rodrigo Caetano e Eduardo Bandeira na apresentação de Rhodolfo no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

EXTRA
GLOBO
: Quem sabe, talvez o Flamengo, na sétima tentativa, tenha finalmente
encontrado um zagueiro para dar jeito na sua defesa. Segunda-feira, a diretoria
apresentou Rhodolfo, em um expediente já batido no clube. Desde 2015 que novos
defensores desembarcam no Ninho do Urubu com promessa de boas atuações e
realidade bem menos produtiva para o time.

Aos 30
anos e com contrato até o fim de 2019, Rhodolfo traz com ele um retrospecto
recente ruim. Na última temporada, disputou apenas dez partidas oficiais. O
jogador garante que isso não é sinal de que está fora de forma ou com problemas
físicos. Segundo ele, o ostracismo no Besiktas não passou de opção do treinador
do time turco.
– Não
estou machucado e desde que voltei de uma cirurgia, nunca mais me lesionei.
Joguei algumas partidas, mas por opção do técnico, tive que respeitar e
esperar. Vinha treinando mais forte ainda na Turquia – garantiu o jogador,
contratado por R$ 5,3 milhões.
Antes
dele, o Flamengo já havia feito um investimento de R$ 5 milhões para contratar
o argentino Donatti, em julho do ano passado. Entre o período lesionado e na
reserva, o gringo soma apenas 11 partidas pelo time carioca. É, de longe, uma
das piores tentativas da diretoria desde que Rodrigo Caetano assumiu a
diretoria de futebol.
Não
foi a única, diga-se de passagem, de 2015 para cá, sete zagueiros foram
contratados. De acordo com o site especializado Transfermarkt, o valor de
mercado dos cinco que estão no elenco é de R$ 22,5 milhões. Com essa quantia, o
clube poderia contratar zagueiros como Pedro Geromel, do Grêmio, Manoel, do
Cruzeiro, Leandro Castán, do Torino (ITA), entre outros.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here