A cereja do bolo. Será?

25
Leandro Damião e Éverton Ribeiro sorrindo no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

PRIMEIRO
PENTA
: Dani Souto

Sempre
que alguém lhe disser que a contratação de um bom jogador não é bem-vinda,
desconfie. Desconfie porque um bom jogador cai bem em qualquer time, por mais
que esse time esteja formado e jogando bem.
No
caso do Flamengo, o time não estava formado e vinha jogando bem alguns jogos.
Pois bem, Everton Ribeiro chegou e fez a diferença. Jogando fácil e se
entendendo bem com Diego, Guerrero e conseguindo uma boa movimentação, a
impressão que eu tenho é que cada jogo que passa, a performance dele melhora.
A
atuação dele contra o Vasco dentro de São Januário foi muito boa. A continuação
de jogadas, a assistência para o gol e a movimentação com Diego e Everton traz
uma qualidade de passe e espaços criados que o time do Flamengo estava
precisando.
A
tendência é que o Everton Ribeiro ainda melhore o seu rendimento e, com isso,
faça o time do Flamengo melhorar a performance. Será que ele é o ingrediente
que faltou no Brasileiro de 2016, tipo uma cereja do bolo?
A
conferir!

COMENTÁRIOS: