Botafogo quer duelo com torcida única: “Não vou procurar Flamengo”

45
Foto: Divulgação

LANCE:
O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, defende a torcida única nos
dois jogos contra o Flamengo pelas semifinais da Copa do Brasil. O dirigente
alvinegro promete levar o assunto às autoridades de segurança por entender que
é melhor não ter torcida visitante do que dar apenas 5% dos ingressos.

– Se
reduzir para 5%, acho que seria o caso de caminhar para torcida única nas duas
partidas. Tenho certeza que as pessoas ficariam mais seguras de frequentarem
aos jogos, demandando muito menos preocupações da área de segurança e da
polícia – disse CEP, que esteve na CBF para acompanhar o sorteio dos mandos de
campo das semifinais.
O
dirigente ainda completou, citando que seria um trabalho melhor para organizar
o jogo.
– A
Polícia tem autonomia de determinar. Acho que seria até melhor fazer uma
experiência com torcida única. Acho que seria bem interessante. Tem
movimentação de organizadas, estrutura da polícia… Acho que não seria uma má
ideia. Não vou procurar o Flamengo. Temos que tratar com as forças de segurança
– comentou, em mais um episódio que expõe a má relação atual entre alvinegros e
rubro-negros.
Por
falar em violência, o presidente do Botafogo ainda foi indagado sobre imagens
de agressões contra um são-paulino, que teriam sido praticadas no entorno do
Engenhão, por parte de torcedores alvinegros.
– Não
sei nada a esse respeito. Atos isolados na área externa? Cabe à Polícia
acompanhar e punir as pessoas que tiverem esse comportamento, que em momento
algum dá para apoiar – finalizou.

COMENTÁRIOS: