CBF não explica gol mal anulado do Flamengo e irregular do Palmeiras

58
Impedimento mal marcado para o Flamengo diante do Palmeiras – Foto: Reprodução

O DIA:
De acordo com a entidade máxima do futebol brasileiro, o pênalti marcado pelo
árbitro Jailson de Macedo em cima de Geuvânio no segundo tempo aconteceu,
apesar das reclamações dos palmeirenses. Ainda de acordo com o cominicado, o
juiz não deveria ter aplicado o cartão amarelo a Michel Bastos no lance, já que
o calço não foi proposital.

Não
foram esclarecidos outros lances polêmicos, reclamados pelas duas equipes.
Confira explicação:
Descrição do lance: Ao
disputar a bola, jogador defensor calça seu adversário dentro da área penal.
Árbitro marca tiro penal e aplica cartão amarelo.
Aplicação da regra:
Será concedido um tiro livre direto a favor da equipe adversária, do jogador
que der ou tentar dar um calço ou rasteira em um adversário. Se a infração for
de forma imprudente, o jogador não deverá ser advertido.

COMENTÁRIOS: