Diretor do Flamengo cobra elenco, Vaz se ofende e gera bate-boca

58
Rafael Vaz, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

GLOBO
ESPORTE:
A classificação com derrota por 4 a 2 para o Santos, na última
quarta-feira pela Copa do Brasil, teve episódio tenso no vestiário após a
partida. O diretor de futebol Rodrigo Caetano fez cobrança forte ao grupo de
jogadores e terminou discutindo asperamente com o zagueiro Rafael Vaz. O caso
expõe a pressão no Rubro-Negro antes da partida contra o Corinthians, neste
domingo.

A
discussão aconteceu momentos após o apito final. Na hora da corrente, no
vestiário, em que se reúnem jogadores, técnico e comissão, Caetano tomou a
palavra e reclamou da atuação da equipe no segundo tempo, que quase pôs a
perder a vaga para a semifinal. Sem ser citado diretamente, Vaz interferiu e
argumentou. Neste momento, o dirigente respondeu e os dois bateram boca.
Quem
presenciou a cena contou que a discussão foi acima do tom de cobrança natural
de partidas. Vaz, que tentou sair jogando na área e perdeu bola que terminou em
gol do Santos de escanteio, reagiu e interpelou de volta o diretor de futebol.
“Sou homem”, gritou Vaz, chamando a responsabilidade pelo lance na
área rubro-negra.
Durante
a partida, o lateral-direito Pará já havia mostrado descontentamento com o
lance de Rafael Vaz ao chegar próximo a Zé Ricardo e dizer “por que não dá
um chutão na bola?” Após a partida o treinador minimizou o tema e disse
que era cobrança normal dentro de uma partida.
Nesta
manhã de sexta-feira, no Ninho do Urubu, o presidente Eduardo Bandeira de Mello
reuniu os jogadores ao lado do diretor de futebol Rodrigo Caetano. O tom de
encontro foi de apoio antes da partida decisiva contra o Corinthians, mas
também de cobrança.
O
GloboEsporte.com entrou em contato com o diretor de futebol e com a assessoria
de imprensa de Rafael Vaz. O dirigente disse que não comenta “assuntos
internos” do clube. A assessoria do jogador disse que não havia nada a
comentar.
O
Flamengo entra em campo no domingo, às 16h, contra o Corinthians, na Arena de
Itaquera. O técnico Zé Ricardo confirmou a estreia de Diego Alves. Ainda pode
haver mais mudanças. A vaga de Rafael Vaz pode voltar a ser de Juan. O provável
time é esse: Diego Alves, Pará, Réver, Vaz (Juan), Trauco, Márcio Araújo,
Cuéllar, Diego, Éverton Ribeiro, Everton e Guerrero.

COMENTÁRIOS: