Doyen negocia Cirino e Flamengo pode se livrar de “dívida”

28
Marcelo Cirino ainda pertence ao Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

ZERO
HORA
: Contratado em abril, após quase quatro meses de uma demorada negociação,
Marcelo Cirino já pode estar de saída do Beira-Rio. Apesar do seu baixo
rendimento em campo e da total falta de perspectiva de assumir uma vaga no
ataque titular, o adeus de Cirino pode ocorrer a pedido dos investidores. O Grupo
Doyen (o mesmo que comprou Leandro Damião do Inter, ao final de 2013) é
detentor de 50% dos direitos de Cirino e os demais 50% pertencem ao
Atlético-PR.

Os
investidores teriam uma oferta do Exterior para vender o atacante e Marcelo
Cirino deixaria o Inter na janela de agosto. Caso isso ocorra, o Inter será
ressarcido no investimento que fez para contar com o empréstimo do jogador até
o final desta temporada — pouco mais de R$ 1 milhão. Parte da negociação do
Inter com o Atlético-PR envolveu a saída do volante Eduardo Henrique para o
clube paranaense.
Nos
bastidores, a possível saída de Marcelo Cirino não chega a ser considerado um
grande problema, uma vez que há fartura de jogadores para a função (Nico,
Roberson, Brenner, Pottker, Sasha, Carlos, Joanderson e Diego) e que um novo atacante
ainda chegará para o elenco: Ricardo Oliveira, Grafite ou Leandro Damião.
Marcelo
Cirino tem 11 jogos e um gol pelo Inter.

COMENTÁRIOS: