Em tom de deboche, Mauro critica a diretoria do Flamengo

62
Márcio Araújo recebendo a camisa 200 do Flamengo de Eduardo Bandeira e Fred Luz – Foto: Gilvan de Souza

MAURO
CEZAR PEREIRA
: Foi uma grande noite para os rubro-negros, apesar dos três jogos
sem vitória. Foi uma noite inesquecível para a Nação, em que pese o time ter
ganho dois pontos em nove, desperdiçando a chance de ficar a cinco pontos do
líder, Corinthians, que está 12 à frente.

Foi
uma noite histórica para a maior torcida do Brasil, apesar da fragilidade da defesa,
das saídas ruins do jovem Thiago nos gols do Palmeiras, e da demora na
contratação de um arqueiro mais seguro e experiente, algo obviamente necessário
desde que Alex Muralha passou a acumular falhas.
Foi
uma quarta-feira histórica, mesmo com Diego perdendo pênalti e o Flamengo
jogando futebol fraco para tamanho investimento. E sem mostrar qualquer
perspectiva de reação, de melhora.
Foi
uma noite para ser lembrada na Ilha do Governador, afinal, Márcio Araújo
completou 200 (duzentos) jogos com a camisa do Flamengo, e recebeu a justa,
bela, emocionante homenagem do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello,
que acumula a vice-presidência de futebol. Que noite, caros rubro-negros.
Que
noite inesquecível, não?

COMENTÁRIOS: