Flamengo assume prejuízo, mas Conca não quer deixar o Clube

72
Conca – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: De todos os reforços contratados pelo Flamengo em 2017, Conca foi o que
custou menos, mas o que mais deu errado. O argentino se recuperou de uma grave
lesão no joelho com a estrutura do Centro de Excelência em Performance do
Rubro-Negro, mas a diretoria admite que o meia não dará retorno técnico
esperado para esse ano. A possibilidade de uma saída antecipada ao prazo de
empréstimo, que se encerra em dezembro, não está fora de cogitação, mas o
discurso é de que o argentino cumprirá o contrato até o fim.

O
Flamengo não recebeu proposta de nenhum clube brasileiro, apesar de Conca ter
sido consultado sobre uma transferência para São Paulo e Sport, como informou o
blog “Extracampo”. Nos treinamentos, o camisa 19 voltou a fazer trabalhos
físicos especiais para que corrija o mais rápido possível a dificuldade na
passada da perna esquerda. Mesmo sem dores, Conca ainda manca bastante quando
precisa de explosão e velocidade.
Por
isso, alega o clube, o jogador não vem sendo relacionado para os jogos. A
última partida em que apareceu no banco de reservas foi contra o Grêmio, isso
porque o time não tinha Guerrero, e conseguiu incluir Conca entre os cinco
estrangeiros possíveis por regra. O argentino se esforça para cumprir as tarefas
e ganhar a preferência do técnico Zé Ricardo. O problema é que o jogador com o
qual rivaliza para formar o banco é Mancuello, que tem sido aproveitado nas
últimas partidas pelo treinador.
A
alternativa que resta a Conca é aguardar os jogos pela Copa Sul-Americana e a
Primeira Liga, que será retomada em agosto. A não utilização de alguns reforços
na Copa do Brasil, como Geuvânio e Éverton Ribeiro, também pode dar uma brecha
para Conca. O argentino entende que precisa entrar nas partidas para ter o ritmo
que todos alegam faltar. Fisicamente, o jogador acredita que aguenta até
começar os jogos hoje. E não entende as alegações de que não está preparado,
apesar de respeitar os treinamentos e cumprir a agenda da comissão técnica.

COMENTÁRIOS: