Flamengo busca reação visitando o embalado Cruzeiro

33
Jogadores no CT Ninho do Urubu, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Um
clássico do Campeonato Brasileiro entre dois integrantes do G6, a zona de classificação
para a Copa Libertadores. Assim será o duelo entre Cruzeiro e Flamengo, que se
enfrentam neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Mineirão, em Belo
Horizonte (MG), em choque válido pela 14ª rodada da competição.
O
Rubro-Negro viu ser interrompida uma sequência de vitórias na quinta-feira, com
a derrota de 1 a 0 para o Grêmio. O time soma 23 pontos, três a mais que a
Raposa, que está embalada por dois triunfos seguidos, sendo o mais recente por
2 a 0 sobre o Atlético-PR no Sul.

Ricardo, técnico do Flamengo, prevê uma partida equilibrada e quer que sua
equipe consiga ter tranquilidade em campo.
“Nós
poderíamos ter tido uma melhor sorte contra o Grêmio se não estivéssemos tão
ansiosos para conseguir os gols. Isso contra o Cruzeiro vai ser fatal, pois o
adversário também briga pelos mesmos objetivos que os nossos e joga em casa.
Precisamos de tranquilidade para conseguirmos colocar o confronto ao nosso
feitio”, declarou.
Mano
Menezes, comandante do Cruzeiro, também sabe do equilíbrio do jogo e quer
contar com o apoio da torcida.
“É um
clássico do futebol brasileiro. O Flamengo tem uma grande equipe, tradicional e
faz grande campanha. Portanto, precisamos muito do apoio de nossa torcida.
Retomanos o caminho das vitórias e conseguimos progredir, encontrando nosso
estilo de jogo. Agora temos que ter o torcedor ao nosso lado”, comentou.
Também
acreditando que o Cruzeiro vai contar com o apoio da torcida, os flamenguistas
sabem que precisam conviver com a pressão.
“Jogando
em casa o Cruzeiro vai pressionar e precisamos estar atentos a isso. Não
podemos levar gols ou nos deixar dominar por essa pressão. É necessário
inteligência para lidar com a situação”, disse o zagueiro Réver.
Os
cruzeirenses realmente querem pressionar e prometem uma postura ousada. “Vamos
precisar nos impor, pois o Flamengo é um grande adversário e vai querer se
impor. Justamente por isso temos que pressionar desde o começo, sem dar chances
para eles crescerem”, avisou o meia Thiago Neves.
Em termos
de escalação as duas equipes terão mudanças. No Flamengo, o lateral-esquerdo
peruano Miguel Trauco cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro
cartão amarelo contra o Grêmio. Renê assume a vaga. Em compensação, o atacante
Paolo Guerrero, que estama suspenso diante dos gremistas, retorna no lugar de
Leandro Damião.
No
Cruzeiro o desfalque fica por conta do volante Henrique, suspenso por acúmulo
de cartões amarelos. Ariel Cabral, que cumpriu suspensão diante do Atlético-PR,
vai ocupar o posto, compondo o setor com Lucas Lima. na lateral direita,
Ezequiel será poupado e, com isso, Lucas Romero será novamente a opção na
posição.

COMENTÁRIOS: