Flamengo de amarelo é uma coisa pavorosa.

171
Time do Flamengo na estreia do novo uniforme amarelo 2017/2018 – Foto: Gilvan de Souza

BRUNO
VOLOCH
: Duas constatações: o pênalti marcado no fim do jogo salvou a pele de Zé
Ricardo. O técnico dificilmente resistiria se o Flamengo não vencesse o
Coritiba.

A
sofrida vitória dá sobrevida ao treinador.
O jogo
do meio de semana pela Copa do Brasil contra o Santos deve definir o futuro
dele no clube.
Apesar
da boa vantagem adquirida no Rio quando fez 2 a 0, o adversário é duríssimo e
vive um ótimo momento sob comando de Levir Culpi.
A
outra: ver o Flamengo de amarelo é uma afronta. Não tem a ver com modernidade.
O amarelo vai na contramão da tradição e história do clube.
Horrível.

COMENTÁRIOS: