Flamengo roda o elenco

50
Zé Ricardo, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

BOTECO
DO FLA
: Como na quarta tem o jogo de volta contra o Santos pela Copa do
Brasil… Hora de dar uma rodada no elenco para os embalos de sábado à noite na
Ilha do Urubu. Diego apresentou aquele tal do desconforto. Lembram dele? Sem
querer cometer sacrilégio e criticar o “Homão da Porr*”, até que veio na hora
certa, já que as últimas atuações foram um tanto quanto… Desconfortáveis, pra
falar a verdade.

APARENTEMENTE
(nunca dá pra ter muita certeza) Réver, Cuéllar, Saraújo e Everton (não o
Ribeiro) também ganham um descanso. Com isso, prováveis novas oportunidades
para Juan (não precisa provar nada), Rômulo (precisa chegar ao Flamengo ainda),
Arão (ainda confio nesse), Mancuello (oportunidade 365/789), Geuvânio (teste
importante mostrando serviço desde o começo).
Hmmm…
Não é querer usar minha boca de cemitério para nos auto-rogar nenhuma espécie
de praga não… Mas não é estranho que Gabriel, o homem das 6548955
oportunidades não esteja aparecendo nessa pequena lista? Deixa quieto. Por
sorte o ZR não lê isso aqui. Vai que ele simplesmente esqueceu do cara. Nomes
pomposos que não vão sequer esquentar o banco, Vinícius Jr e Conca estão fora.
Bem… Será que já dá pra gente concluir que o hermano foi uma boa aposta, mas
acabou não dando certo?
Até
que analisando os possíveis outros 19 adversários da tabela, não foi um mau
negócio o que nos reservou a mesma para a rodada de número 16. Após bom começo,
o Coritiba vem despencando forte. Só uma vitória nas últimas dez partidas.
Sinal de alerta ligado, técnico trocado, o Coxa vem com o preparador físico
como interino, antes da estreia do Marcelo Oliveira que acabou ficando para a
próxima rodada. Segundo Robson Gomes, que assume a função nessa noite, não deve
haver muitas mudança tática, e “o trabalho executado no dia a dia era muito
bom”. É torcer para que o bom trabalho tenha como resultado a mesma solapada
por quatro a zero que levou da Ponte e culminou com a demissão do Pachequinho.
Aliás,
cabe aqui uma observação. O Brasileirão #201SETE já teve 13 degolas de técnicos
em 15 rodadas. Nem surpreende. Ano passado foram 32 para 38. Trocar de técnico
resolve muito bem as coisas (alfinetada na turma do #ForaZéRicardo), tanto que
Atlético-PR, Atlético-GO e Vitória já até trocaram duas vezes em tão pouco
tempo… E deu muito certo… Posições de número 16, 20 e 19 respectivamente
pros três.
Nem
vale muito a preocupação em bater os atabaques do Boteco enquanto não voltarmos
a ter uma boa sequência. Mas como o Pai de Santo já foi contratado mesmo e não
será demitido até o fim da temporada, já que por aqui a Gerência acredita em
continuidade do trabalho, vamos lá… O Corinthians encara o Fluzão no Rio, o
Grêmio visita o Amado Tricolor Paulista, e o Santos recebe o Baêêêêêaaaaa na
Vila Belmiro. Primeira “bateção” feita, e a gente complementa os “trabáio” em
algum momento do dia lá na Filial Pobre e Sem Glamour no YouTube.
Bora
torcer.
Isso
aqui é Flamengo.

COMENTÁRIOS: