Flamengo tem sequência mais difícil entre os times do G4

14
Fotos GazetaPress

ESPN: Renato
Gaúcho acredita que o Corinthians vai despencar na tabela nas próximas rodadas
possibilitando ao próprio Grêmio – e aos demais rivais – passarem o time
alvinegro. Será? O ESPN.com.br separou abaixou os jogos que os quatro primeiros
colocados fazem até o final do primeiro turno para ver quem terá a sequência
mais difícil.

Líder
com 35 pontos em 13 jogos, o Corinthians terá três clássicos regionais:
Fluminense, Flamengo e Atlético-MG, além do Sport – time que reagiu de forma
impressionante e já soma cinco partidas sem perder, com quatro triunfos
consecutivos, no torneio.
Dez
pontos atrás da equipe paulistana, o Grêmio terá mais confrontos com equipes
que estão na parte de baixo da tabela e alguns na zona de rebaixamento. São os
casos de Vitória, São Paulo e Atlético-GO. 
Mas também jogará contra Ponte e Atlético-MG.
O
Santos é o terceiro colocado, com 23 pontos. A equipe terá jogos complicados
contra Flamengo e Grêmio, mas também terá Chapecoense, Bahia e Avaí, times que
hoje brigam na parte de baixo da tabela. A vantagem é que o time não terá
muitas viagens.
Também
com 23 pontos, mas na quarta colocação do Brasileiro pelos critérios de
desempate, o Flamengo terá uma tabela parecida com a do Corinthians com
clássicos regionais. Mas, enquanto o líder terá três, ele fará quatro:
Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians e Santos.
Corinthians: clássicos regionais
O
Corinthians perdeu pontos para Chapecoense e Coritiba, um sinal de que o time
não tem problemas com os clássicos estaduais (100% de aproveitamento) e
regionais (também 100%). Pois até o final do primeiro turno haverá novos
testes.
Pela
frente, os corintianos vão ter Fluminense, Flamengo e Atlético-MG. A sequência
começa neste sábado com um desafio regional. Apesar de não ter status de
clássico, os confrontos com o Atlético-PR costumam ser equilibrados. Foram 20
vitórias alvinegras, 18 empates e 17 derrotas.
15 de
julho, Atlético-PR, Arena Corinthians (SP)
19 de
julho, Avaí, Ressacada (SC)
23 de
julho, Fluminense, Maracanã (RJ)
30 de
julho, Flamengo, Arena Corinthians (SP)
2 de
agosto, Atlético-MG, Independência, Belo Horizonte (MG)
5 de
agosto, Sport, Arena Corinthians (SP)
Grêmio: desesperados pelo caminho
Com
moral após bater o Flamengo por 1 a 0, na Ilha do Urubu, o Grêmio terá nos
próximos seis jogos cinco adversários que estão além dos dez primeiros
colocados. Entre eles, o melhor na tabela será o Atlético-MG, hoje 12º lugar no
Brasileiro.
A
Ponte Preta, adversária deste domingo, é a 15ª. Vitória, São Paulo e
Atlético-GO estão na zona de rebaixamento. A exceção no grupo dos desesperados
será o Santos, rival da 17ª rodada e que atualmente é o terceiro colocado da
competição (dois pontos atrás).
16 de
julho, Ponte Preta, Arena do Grêmio (RS)
19 de
julho, Vitória, Barradão (BA)
24 de
julho, São Paulo, Morumbi (SP)
30 de
julho, Santos, Arena do Grêmio (RS)
2 de
agosto, Atlético-GO, Olímpico de Goiânia (GO)
6 de
agosto, Atlético-MG, Arena do Grêmio (RS)
Santos: duelos diretos
O Santos
terá dois duelo diretos (Grêmio e Flamengo) na briga pelas primeiras colocações
do Campeonato Brasileiro, mas precisa ficar atento também aos adversários que
hoje estão mancando na tabela, como Vasco, Chapecoense, Bahia e Avaí.
Não é
só isso que requer atenção. O time santista fará apenas um jogo na Vila
Belmiro, onde consegue intimidar os adversários. Os outros dois jogos que faz
como mandante serão no Pacaembu. Tudo bem que a equipe não perde desde 2014 e
acumula 21 jogos invictos no local.
16 de
julho, Vasco, Nilton Santos (RJ)
19 de
julho, Chapecoense, Vila Belmiro (SP)
23 de
julho, Bahia, Pacaembu (SP)
30 de
julho, Grêmio, Arena do Grêmio (RS)
2 de
agosto, Flamengo, Pacaembu (SP)
6 de
agosto, Avaí, Ressacada (SC)
Flamengo: RJ-SP-BH
O
Flamengo não vai sair da região sudeste até o final do primeiro turno. As
viagens vão se limitar à capital mineira e à capital paulista. Pode ser um
trunfo para o time que ainda jogará três vezes na Ilha do Urubu, no Rio de
Janeiro, emablar.
Mas
serão duelos complicados. Assim como o Corinthians, fará clássicos regionais:
contra Cruzeiro, Palmeiras, o próprio Corinthians e Santos.
16 de
julho, Cruzeiro, Mineirão (MG)
19 de
julho, Palmeiras, Ilha do Urubu (RJ)
22 de
julho, Coritiba, Ilha do Urubu (RJ)
30 de
julho, Corinthians, Arena Corinthians (SP)
2 de
agosto, Santos, Pacaembu (SP)
6 de
agosto, Vitória, Ilha do Urubu (RJ)

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here