Guerrero é eleito o melhor de Flamengo 2 x 2 Palmeiras

24
Guerrero após marcar gol pelo Flamengo contra o Palmeiras – Foto: Gilvan de Souza

LANCE:
Flamengo e Palmeiras fizeram um jogo bastante movimentado nesta quarta-feira,
na Ilha do Urubu. O empate em 2 a 2 é ruim para as pretensões dos clubes na
disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Os destaques foram Jaílson, que
defendeu pênalti de Diego na etapa final, e Guerrero, por conta do gol e
assistência ainda no primeiro tempo. Confira, a seguir, as notas do LANCE! para
os jogadores e técnicos na partida.

FLAMENGO
6,0
Thiago
Goleiro
tomou dois gols em que a zaga deixou o ataque do Palmeiras livre,
mas o
camisa 1 ainda conseguiu salvar o Fla com boas defesas.
6,0
Pará
Lateral
ganhou nova chance entre os titulares e conseguiu marcar um gol,
batendo
forte. Na defesa, deu espaço para Willian fazer pelo Palmeiras.
6,0
Réver
Capitão
do Flamengo não teve muito trabalho, já que Palmeiras apostava
nos
contra-ataques. Bem pelo alto, afastando as bolas cruzadas na área.
5,5
Rafael Vaz
Zagueiro
conseguiu fazer bons cortes, mas estava mal posicionado no gol
de
Róger Guedes. Se arriscou no ataque, mas não foi muito efetivo.
5,0
Trauco
Voltando
ao time titular, lateral peruano esteve em noite totalmente
apagada.
Atuação fraca, falhando que falhou no segundo gol do Palmeiras.
5,5
Márcio Araújo
Volante
se enrolou com a bola em algumas jogadas na hora de fazer a
transição
entre a defesa e o ataque. Mesmo assim fez bons desarmes.
5,5
Cuéllar
Colombiano
errou alguns passes bobos no campo de defesa e deu um
pouco
de espaço para os homens de meio do Palmeiras trabalharem.
5,5
Diego
Camisa
35 ditou o ritmo do meio-campo do Flamengo, mas acabou
desperdiçando
um pênalti na metade do segundo tempo.
6,0
Everton Ribeiro
Muita
movimentação pelo lado direito do campo. Distribuiu bons passes,
porém,
poderia ter sido mais objetivo em alguns lances de ataque do Fla.
6,0
Everton
Meia-atacante
participou menos que o comum da partida, mas teve boa
participação
ajudando na marcação. Perdeu boa chance de cabeça.
8,0
Guerrero
Mais
uma grande apresentação do camisa 9 na Ilha do Urubu. Deu passe
para o
gol de Pará e deixou sua marca em um lance de muita garra.
6,0
Geuvânio
Entrou
no lugar de Everton Ribeiro e conseguiu boas jogadas individuais,
arrumando
até um pênalti para o Rubro-Negro. Aos poucos ganha ritmo.
5,0
Berrío
Entrou
na parte final do jogo, mas não conseguiu produzir nenhum lance
de
perigo para o gol do Palmeiras, defendido por Jaílson.
Mancuello
Sem
tempo para criar algo.
5,5
Zé Ricardo
Time
começou bem a partida, mas aos poucos ritmo foi caindo e
alterações
feitas pelo treinador não surtiram efeito mais uma vez.
PALMEIRAS
7,0
Jailson
Corajoso
como mostrou ser em 2016, brilhou no segundo tempo ao
pegar
a cobrança de pênalti de Diego. Segue invicto jogando a Série A.
5,5
Mayke
Errou
a marcação sobre Éverton numa bola parada no primeiro tempo,
mas
cresceu depois disso. Cometeu poucas falhas no restante da partida.
6,0
Mina
Travou
longo duelo com Guerrero e foi bem, tendo em alguns momentos
de
cobrir erros de Luan. Ainda foi preciso no passe do segundo gol.
5,0
Luan
Não
teve uma boa atuação. Além da dificuldade para caçar o ataque
flamenguista,
vacilou no segundo gol, logo após a virada palmeirense.
5,0
Michel Bastos
No
primeiro gol teve dificuldades para sair de Guerrero para tentar travar
Pará.
No segundo tempo, fez um pênalti tolo em Geuvânio.
5,0
Bruno Henrique
Com
ele e Tchê Tchê como mais marcadores, o meio-campo sofreu
bastante
para segurar o Fla. Foi substituído no intervalo.
5,5
Tchê Tchê
Teve
uma atuação discreta, e ainda assim foi o quinto em passes certos
no
time. Mesmo com mais liberdade no segundo tempo, não se destacou.
6,5
Zé Roberto
Deu
bela assistência para o gol de Willian e quando foi para lateral
esquerda
na etapa final não comprometeu. Um dos mais criativos.
7,0
Róger Guedes
Frio
na finalização do segundo gol, além de perigoso pela ponta direita.
Ajudou
bastante Mayke na marcação de Trauco e Éverton no seu lado.
6,0
Dudu
Seguia
Pará no 1 gol e foi, de longe, o mais caçado no Palmeiras: nove
faltas
sofridas. Mesmo sem brilhar, deu a bola para Borja tentar virar.
7,0
Willian
Foi
preciso na única chance que teve para marcar o primeiro gol do
Palmeiras.
Saiu no fim do primeiro tempo, lesionado.
5,5
Borja
Teve
uma boa oportunidade em um chute forte de fora da área, e outra já
nos
acréscimos – parou nas duas em Thiago.
6,5
Thiago Santos
Sua
entrada ajudou a organizar o meio-campo do Verdão, que correu
menos
riscos no segundo tempo. Ainda acertou lançamentos.
5,5
Keno
Criou
uma boa chance pela esquerda em velocidade, mas ficou nisso.
6,0
Cuca
Time
teve início bem ruim, foi preciso para virar, mas de novo cochilou
logo
após marcar. Segundo tempo mostrou melhora. Bom resultado.

COMENTÁRIOS: