Guerrero vai pra cima de torcedor, mas acaba contido por segurança

27
Foto: Paulo Nicolella / Extra

EXTRA
GLOBO
: O desembarque do Flamengo no Aeroporto Santos Dumont, nesta
quinta-feira, ficou marcado por uma desavença entre o atacante Paolo Guerrero e
um torcedor, aparentemente rival.

O
peruano não gostou das ofensas que ouviu e quase partiu pra cima do torcedor.
Ele precisou ser contido por seguranças depois do suposto vascaíno, repetidas
vezes, provocá-lo.
O
zagueiro Rafael Vaz e o goleiro Alex Muralha, que falharam na derrota de 4 a 2
para o Santos, não quiseram falar com a imprensa. O meia Diego e o zagueiro
Réver falaram. Primeiro, o defensor explicou o resultado ruim.
– Nós
sabíamos da dificuldade da partida. Infelizmente, acabamos tendo alguns erros.
Nós mesmos tornamos a partida mais difícil. Tivemos chances de liquidar a
partida lá na Vila Belmiro e nós acabamos errando bastante, proporcionando que
o Santos pudesse crescer diante da sua torcida, não tinha mais nada a perder.
Com os erros coletivos, passamos um aperto desnecessário – avaliou Réver.
Depois,
foi a vez de Diego “esquecer” um pouco a Copa do Brasil e falar da partida
contra o Corinthians, que será disputada neste domingo pelo Campeonato
Brasileiro, em São Paulo.
– Mais
um concorrente direto pelo título, equipe que está fazendo um Brasileiro quase
perfeito até agora. Nós, para conseguirmos um bom resultado lá, teremos que
fazer uma partida, quase que perfeita. Então, temos que nos preparar para isso.
É com essa mentalidade que nós vamos… Vamos em busca dos três pontos – disse
Diego.

COMENTÁRIOS: