Ilha do Urubu: Aliança da Mancha com Vasco preocupa Flamengo

181
Torcida FlaManguaça, do Flamengo, na Ilha do Urubu – Foto: Buda Mendes/Getty Image

GLOBO
ESPORTE
: As brigas e confusões em São Januário, no clássico entre Vasco e Flamengo,
serviram de mais um alerta para partidas de grande apelo em estádio menor.
Nesta quarta-feira, às 21h45, o Flamengo recebe o Palmeiras, um dos candidatos
ao título, com segurança reforçada na Ilha do Urubu.

Mais
de 10 mil ingressos já foram vendidos para a partida – o setor norte já está
esgotado. O torcedor palmeirense pode comprar sua entrada no dia da partida.
Em
reunião nesta tarde na Ferj, o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios,
os clubes e representantes das empresas de segurança e demais órgãos públicos
definiram o planejamento para a partida. O Flamengo vai contratar 314 stewards,
mais de 20% a mais do que na partida contra o Grêmio, a última disputada na
nova casa do Rubro-Negro.
A
rivalidade entre as organizadas alerta o Gepe, que vai ter 133 homens de
plantão na partida. A Polícia Militar disponibilizou 130 soldados. Além disso,
entre guardas municipais urbano e de trânsito são quase 90 homens. De
controladores de acesso, mais 90 homens.
O
major Silvio Luis, comandante do Gepe, lembrou que a partida merece atenção
especial. Ele elogiou a organizada do Palmeiras Mancha Verde que procurou o
Gepe para cooperar com a segurança do jogo.

Vamos escoltar a torcida do Palmeiras. Sabemos que tem grande rivalidade com o
Flamengo. Mas a Mancha Verde entrou em contato, a diretoria que acabou de ser
eleita, vieram se apresentar e deixaram claro que vão obedecer todas as normas
de segurança para a partida – disse Silvio Luis.
Nas redes
sociais, durante esta segunda-feira, circularam mensagens de suposta aliança
entre palmeirenses e vascaínos, da Força Jovem do Vasco, para causarem conflito
na Ilha. A segurança do Flamengo enviou aos cuidados do Gepe, que faz trabalho
constante de monitoramento.
– A
gente já tem esse trabalho preventivo de observar redes sociais, mensagens
anônimas, na internet. Todos cuidados serão tomados. O Gepe vai fazer checagem
de documentação na entrada da torcida visitante e, caso encontramos membros da
Força Jovem, vamos encaminhá-lo ao Jecrim – afirmou o comandante do Gepe.

COMENTÁRIOS: