Jogador do Santos não crê em pênaltis e elogia Guerrero, do Flamengo

29
Guerrero em Flamengo x Santos – Foto: Gilvan de Souza

ESPN: Com
apenas 10 gols sofridos no Brasileiro, o Santos tem a segunda zaga menos vazada
do torneio. Porém, para alcançar as semifinais da Copa do Brasil, o time
paulista precisará segura-se na defesa e ir bem na frente, afinal, a equipe
comandada por Levir Culpi só avança de forma direta se bater o Flamengo por
três tentos de diferença, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila
Belmiro.

Caso
vença por 2 a 0, placar idêntico ao feito pelo clube rubro-negro do duelo de
ida, no dia 28 de junho, no Rio, a decisão irá para os pênaltis. Apesar da
difícil missão, o zagueiro Lucas Veríssimo acredita que o Santos tem condições
de liquidar a fatura ainda com a bola rolando.
“Não
estou contando muito com os pênaltis. Será um jogo muito difícil. O Flamengo é
um baita time, mas como nós também somos. E temos condições de reverter esse
placar. Precisamos de 3 gols para classificar. Nossa equipe está unida e vamos
em busca dessa classificação. Sabemos que podemos contar com o Vanderlei nos
pênaltis, mas vamos pensar na classificação e em fazer uma quantidade de gols
suficiente” explicou o defensor em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT
Rei Pelé.
Mas
antes de pensar em partir para cima do Fla, o clube alvinegro precisa ficar
esperto na defesa, afinal, caso o time carioca faça um gol, o santistas
precisarão de mais quatro tentos para conquistar a classificação. E para
Veríssimo, o atacante Paolo Guerrero é quem precisa receber uma marcação
especial.
“Ele é
um baita jogador que dispensa comentários. Eu venho fazendo a minha e bem
feito. Temos que ter atenção redobrada para não tomar gols, especialmente com
ele. A cada lance, a cada segundo não pode dar uma bobeirinha, senão ele
aproveita”, concluiu.

COMENTÁRIOS: