Nome de Muralha, do Flamengo, não empolga o São Paulo

79
Alex Muralha, goleiro do Flamengo – Foto: Pedro Vilela/Getty Images

JORGE
NICOLA:
Depois de apenas dois jogos à frente do Tricolor, Dorival Júnior já identificou
algumas necessidades em seu elenco. Uma delas é no gol. A ponto de o novo
comandante são-paulino ter sugerido a contratação de um goleiro para diretoria
são-paulina.

Diego
Alves era o nome dos sonhos, mas o goleiro da seleção brasileira deverá ser
anunciado nas próximas horas como reforço do Flamengo. Um dos assessores do
presidente Leco falou em Murallha, que já é reserva hoje em dia no Rubro-Negro,
atrás de Thiago. Porém, Muralha não comoveu os demais dirigentes tricolores.
Depois
de uma semana de trabalho, Dorival não se empolgou com Renan Ribeiro, Sidão e
Denis. Renan tem sido titular desde as últimas rodadas do Paulistão, enquanto
Sidão é reserva e Denis se recupera de uma contusão no ombro.
E
Dorival não é o único insatisfeito com o rendimento de seus goleiros. Desde a
semana passada, Leco vem sendo bastante pressionado por conselheiros e
diretores a reforçar o setor. As críticas começaram depois da atuação ruim de
Renan contra o Santos, na Vila Belmiro. Aos mais próximos, o presidente admitiu
estar desapontado.
Sob o
comando de Dorival, o São Paulo empatou com o Atlético-GO em 2 a 2, no Morumbi,
e perdeu da Chapecoense por 2 a 0, em Chapecó. O time já acumula nove partidas
sem vitória e está na antepenúltima colocação, com 12 pontos em 14 jogos no
Brasileirão.
Dos
três goleiros, quem tem o futuro mais certo é Denis. Sucessor de Rogério Ceni
no gol em 2016, o hoje terceiro goleiro ficará só até dezembro, quando acaba
seu contrato. Denis, inclusive, já sabe que está fora dos planos para 2018. Já
Renan tem contrato até maio do ano que vem, enquanto Sidão está garantido por
mais uma temporada e meia.

COMENTÁRIOS: