Réver, do Flamengo, projeta derrotas do Corinthians em clássicos

96
Réver, capitão do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

SPORTV:
Nesta quarta-feira, o Corinthians faz clássico contra o Palmeiras na casa do
Alviverde. O duelo será uma oportunidade para o líder do Brasileirão perder
pontos e permitir uma aproximação do segundo colocado, o Flamengo, como afirmou
o zagueiro Réver, em entrevista ao “Troca de Passes”. O jogador
rubro-negro acredita que o Timão irá perder pontos em algum momento da competição
e, por isso, a equipe carioca precisa estar atenta.

– O
Corinthians vem fazendo o que poucos conseguiram no Campeonato Brasileiro.
Sabemos que tem uma certa vantagem, mas tem muita coisa ainda para acontecer,
tem clássico ainda. Com certeza, o Corinthians vai perder pontos, assim como
nós perdemos e outros clubes perderam. Temos que tirar proveito e tentar dar
uma engrenada na competição o quanto antes, para tirar essa diferença do
Corinthians – disse o zagueiro.
O
Flamengo também não tem missão fácil na rodada: recebe o Grêmio na
quinta-feira, na Ilha do Governador. Réver destacou o apoio dos torcedores e
afirmou que o elenco rubro-negro precisa mostrar que é bom não apenas no papel.

Sabemos da responsabilidade que nós temos. Sabemos que só o jogador, no papel,
não vai vencer. A gente tem que colocar em prática dentro de campo e fazer os
resultados, para que o torcedor possa nos abraçar, como tem feito nos útlimos
jogos, mesmo com alguns resultados inesperadores. O torcedor está fazendo a sua
parte e nos apoiando do início ao fim.
O
zagueiro afirmou ainda que vê a cobrança por conquistas como normal.
– Tem
que entender bem o que é o Flamengo. Sabemos da cobrança. Em time grande,
principalmente aqui no Flamengo, é dessa maneira. Ou você se adapta o quanto
antes ou você não serve para o Flamengo.
Além
disso, Réver acredita que o Flamengo tem chance de sair com mais uma conquista
em 2017, principalmente após a eliminação do clube ainda na primeira fase da
Libertadores.

Temos três competições importantes, temos grandes chance: Brasileiro,
Sul-Americana e Copa do Brasil. Em duas estamos bem próximos de chegar às
finais. Espero que a gente possa conquistar esses títulos, para que acabe
esquecendo o que nós deixamos para trás, que foi a Libertadores.

COMENTÁRIOS: