Sem receber jogos, Maracanã vira palco para show de funk

48

O
GLOBO
: Em um fim de semana de futebol, o Maracanã, principal palco brasileiro
do esporte, está dedicado ao funk. O estádio abrigou a “Q’Beleza, a
festa”, que começou na noite de sexta-feira e terminou no início da manhã
deste sábado. O evento contou com as participações de diversos MCs da cidade e
a presença da equipe de som Furacão 2000. Em publicações feitas antes do início
da festa, os organizadores mostraram esperar um público de duas mil pessoas,
que ficariam no gramado.
Nas
redes sociais, foi possível ver que o evento despertou indignação e
perplexidade entre torcedores e vizinhos do estádio, com reclamações sobre
queimas de fogos às 4h30m. As reclamações foram compartilhadas com um vídeo com
18 segundos de duração, feito já no fim do evento.
A
indefinição sobre a gestão do Maracanã tem afastado os clubes do estádio.
Atualmente, a administração é feita pelo Consórcio Maracanã, controlado pela
Odebrecht, que tenta devolver a concessão ao governo do estado que, por sua
vez, promete apresentar um novo edital para licitação desde o início do ano.
Irritada
com a indefinição, na última terça-feira, a CBF transferiu o jogo contra o
Chile, que seria realizado no dia 10 de outubro e vale pelas eliminatórias
sulamericanas para a Copa do Mundo da Rússia 2018, para a Arena Palmeiras, em
São Paulo. A última partida oficial disputada no Maracanã aconteceu no último
domingo (23), quando o Corinthians venceu o Fluminense por 1 a 0, em partida
válida pelo Campeonato Brasileiro. Na temporada, apenas 21 confrontos
aconteceram no estádio que abrigou duas finais de Copas do Mundo.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here