“Todo mundo sonha em vestir a camisa do Flamengo”, diz Neymar

119
Neymar segurando a camisa do Flamengo – Foto: Getty Images

GOAL: Uefa
Champions League, Libertadores, Mundial de Clubes… Com apenas 25 anos, Neymar
já tem uma invejável galeria de títulos, prêmios individuais e está entre os
melhores jogadores do planeta. Seu amadurecimento na Europa é notável, mas
algumas das principais conquistas do craque também aconteceram no Brasil.

Uma
delas, especial, aguardada por décadas e décadas, e alcançada em um Maracanã
lotado. Em 20 de agosto de 2016, Neymar comandou a Seleção Brasileira na
conquista da inédita medalha de ouro olímpica no futebol.
Era o
único título que faltava para o futebol masculino brasileiro, e ele veio com
Neymar como protagonista, de forma emocionante, e no principal palco
futebolístico tupiniquim, um dos estádios mais míticos do mundo.
Pelo
ouro olímpico e por outras grandes atuações com a camisa do Santos, Neymar sabe
bem como é atuar e balançar as redes no Maracanã lotado, mas ele nutre o sonho
de jogar no estádio com uma outra camisa, a do Flamengo.
Em
entrevista exclusiva à Goal Brasil – por e-mail, com as perguntas enviadas na
última semana e as respostas recebidas na tarde desta terça-feira (18) -,
Neymar falou do sonho de defender o Rubro-negro carioca, mas também confessou
que deseja jogar por outras equipes.
“Garanto
pra você que fazer gols importantes no Maracanã lotado é uma das coisas mais
maravilhosas do mundo. Já marquei alguns, lembra? Quanto a jogar no Flamengo, é
uma das camisas que todo mundo sonha em vestir, né? Tem uma torcida
maravilhosa. Mas tem outros clubes que gostaria de defender. Só que se eu
começar a falar aqui amanhã já vai ter um monte de meme meu com as
camisas”, brinca o craque.
Palmeirense
quando criança, Neymar comprou recentemente um camarote no Allianz Parque. O
craque também é amigo de Robinho e Fred, hoje estrelas do Atlético-MG. A Goal
Brasil perguntou ao craque se ele tem vontade de defender o clube de infância,
o Galo ou outras equipes brasileiras.
“Então,
foi o que falei. Se eu pudesse defender todos os clubes que acho legais, ia ter
que jogar até uns 45 anos… Quem sabe, né?”, disse o camisa 10 da Seleção.

COMENTÁRIOS: