Após recusar propostas, Rueda justifica escolha pelo Flamengo

32
Reinaldo Rueda, novo treinador do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

LANCE:
Em sua apresentação como novo técnico do Flamengo, no Ninho do Urubu, o
colombiano Reinaldo Rueda, de 60 anos, falou em buscar a reação do Rubro-Negro.
O time deixou o G6 do Campeonato Brasileiro no fim de semana, após ser
facilmente derrotado pelo Atlético-MG, e ainda busca uma conquista de peso no
ano. Ao lado do presidente Eduardo Bandeira de Mello e do diretor de futebol,
Rodrigo Caetano, o treinador disse ainda estar consciente do peso da camisa do
Fla. Ele assinou contrato até o fim de 2018.

– É um
desafio muito grande. Estou consciente da responsabilidade que é o Flamengo, o
futebol brasileiro. Muito feliz e contente de estar aqui nessa grande instituição
aproveitando essa oportunidade. Esperamos buscar essa reação que o Flamengo
precisa como time grande. É um orgulho e uma satisfação ser técnico do
Flamengo. Espero cumprir com as expectativas. Desafio grande, mas temos muita
paixão e compromisso – disse o treinador, que prometeu respeitar as raízes do
clube, independentemente da forma que o time jogar taticamente.
– O
estilo é do Flamengo, é o DNA do Flamengo. A formação quanto ao sistema de jogo
vai variar. No futebol, falar é muito fácil – resumiu.
Rueda
disse estar lisonjeado com o grande carinho da torcida do Flamengo nas redes
sociais. O apelo dos rubro-negros foi importante para a chegada do treinador
colombiano.

Antes de iniciar a coletiva, eu pensei no recebimento da torcida do Flamengo e
no querer de que estivéssemos aqui. Fico muito satisfeito e orgulhoso, é algo
histórico. Há 46 que o Flamengo não tinha um treinador estrangeiro e tudo isso
foi determinante para nossa chegada. Com conhecimento dos clubes mundias, vamos
tentar conseguir passar a metodologia aqui rapidamente. Vamos trabalhar que os
jogadores se estimulem e melhorem o desempenho no dia a dia – comentou.
EXPECTATIVA É QUE TÉCNICO ESTEJA À BEIRA
DO CAMPO NA QUARTA
O
Flamengo trabalha para ter Reinaldo Rueda à beira do campo já na próxima
quarta-feira, contra o Botafogo, pela Copa do Brasil, no Estádio Nilton Santos.
O clube deu entrada na papelada para conseguir o visto de trabalho do treinador
e de seus compatriotas, o auxiliar técnico, Bernardo Redín e o preparador físico,
Carlos Velasco.

Estamos trabalhando para que eles tenham o visto de trabalho o mais breve
possível, acreditamos que até quarta-feira tenhamos isso sim. Hoje foi um dia
muito rápido, de conhecer as pessoas, andamentos e procedimentos. Temos a
expectativa de que ele possa estar à frente da equipe na quarta-feira. A parte
da documentação foi encaminhada, amanhã vamos trabalhar esta questão
burocrática – disse o diretor executivo de futebol do Fla, Rodrigo Caetano.
Com a
chegada de Velasco, Daniel Gonçalves, que era preparador físico, voltou a ser o
coordenador científico do clube.
RUEDA TINHA OUTRAS PROPOSTAS
Reinaldo
Rueda contou que teve propostas de outros clubes, mas preferiu aceitar a do
Flamengo porque é algo que ‘não acontece todo dia’.
– É a
dificuldade que se tem agora, assumir um projeto que já está iniciado. Eu tinha
ofertas de vários países, até na Colômbia, e não queria aceitar, porque a
experiência mostra que é muito difícil. Mas penso que uma oportunidade como
essa, do Flamengo, não é todo dia. Vamos assumir sabendo que temos metas
imediatas e metas a médio prazo e vamos apostar no êxito – disse o treinador,
referindo-se ao duelo contra o Botafogo, pela semifinal da Copa do Brasil, já
na quarta-feira, no Nilton Santos.

COMENTÁRIOS: