Berrío e Cuellar crescem e criam república da Colômbia no Flamengo

32
Berrio e Rueda no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

UOL: A
salsa cada vez mais dá o tom no Flamengo. Com a chegada do técnico colombiano
Reinaldo Rueda, seus conterrâneos Berrío e Cuellar ganharam espaço, viraram
titulares e têm se destacado na equipe, que está embalada após a classificação
para a final da Copa do Brasil e a vitória neste domingo sobre o Atlético-PR.

O
atacante, enfim, parece ter desencantado. Responsável por uma genial jogada que
resultou no gol da vitória de Diego sobre o Botafogo na semifinal, ele foi
mantido entre os 11, barrou o badalado Éverton Ribeiro e manteve o bom
desempenho diante dos paranaenses.
O
volante, por sua vez, amenizou a insatisfação da torcida, que tinha como alvo
de sua ira Márcio Araújo. Cuellar dá indício de que, dificilmente, perderá a
vaga. O jogador foi convocado para a seleção de seu país.
“Todos
que são convocados para a seleção da Colômbia são titulares. Vou lutar para
estar indo sempre para a seleção”, declarou à Rádio Globo o volante, que
ganhou uma vaga entre os 11 com Reinaldo Rueda.
Entre
os estrangeiros, quem está na contramão dos colombianos é o lateral esquerdo
esquerdo Trauco, que perdeu a condição de titular com Rueda. O treinador tem
preferido improvisar o lateral direito Pará no setor.

COMENTÁRIOS: