Conca ainda pode dar certo no Flamengo?

28
Conca, do Flamengo – Foto: Staff Images

GOAL: Após
intensos dias de treino no Ninho do Urubu e muitos pedidos da torcida, Conca
finalmente entrou em campo. Foram 17 minutos contra o Paraná, no duelo válido
pelas quartas de final da Primeira Liga.

O
empate em 1 a 1 pode ter eliminado a equipe rubro-negra, mas as atenções
estavam mesmo voltadas ao meia argentino, que até a presente dada, não justificou
o alto investimento da diretoria rubro-negra em sua contratação.
Conca
até então tinha realizado dois jogos com a camisa do Flamengo. Contratado em
meio à recuperação de uma cirurgia no joelho esquerdo, o meia chegou a brigar
com Zé Ricardo. Em ambas as oportunidades que teve, contra Ponte Preta e
Fluminense, entrou a menos de dez minutos do fim do jogo. Em outras seis, ficou
no banco de reservas, sem ser utilizado.
Reinaldo
Rueda, quando chegou na Gávea, se mostrou disposto a motivar o camisa 19 no
restante da temporada. No entanto, com o empréstimo apenas o final do ano, será
que o meia ainda tem algo para oferecer no clube?
Ainda
sem apresentar o nível esperado, Conca chegou a ficar centralizado, mas se
movimentou para buscar jogo contra o Paraná e ainda perdeu um pênalti. É bem
verdade que falta ritmo de jogo para o atleta, uma vez que ficou quase três
meses sem entrar no gramado.
Porém,
apesar de todos conhecerem a sua qualidade técnica, Conca já não é mais o mesmo
jogador, e o Flamengo possui um elenco recheado de qualidade. Desta forma, o
jogador pouco deve acrescentar para a equipe.
Não
desmerecendo tudo o que o meia já realizou no futebol, o certo mesmo era Conca
seguir o exemplo de Montillo e pedir para sair. Preservaria a sua imagem junto
ao torcedor.
Ocupando
a quinta posição no Brasileirão, o Flamengo ainda se prepara para o primeiro
jogo da final da Copa do Brasil, no próximo dia 7, contra o Cruzeiro.

COMENTÁRIOS: