Edmundo não esconde inveja e provoca Diego Alves, do Flamengo

34



UOL
ESPORTE VÊ TV
: Comentando a derrota do Flamengo neste domingo (6), Edmundo
aproveitou para tirar onda com Diego Alves. O goleiro recém-contratado cultivou
fama de pegador de pênaltis enquanto atuava no Valencia, mas acabou vazado por
Neílton, que fez o segundo gol do Vitória no triunfo por 2 a 0 sobre o
Rubro-Negro.
“Só um
adendo: o Diego Alves é pegador de pênalti. Pegou do Cristiano Ronaldo, três em
quatro [cobranças], pegou do Messi, mas não pegou o do Neílton?”, brincou o
comentarista, tirando risos dos companheiros de bancada do programa A Última
Palavra, da Fox Sports.
Paulo
Vinícius Coelho respondeu com uma curiosidade, também em tom descontraído. “Ele
[Diego Alves] ficou esperando o Neílton. E falou tantas vezes que ele espera o
batedor, que o Neílton ficou esperando ele também”, comentou PVC. “Isso é o
gostoso no futebol”, completou Edmundo em seguida.

Além
de comentar o resultado, o ex-jogador ainda destilou críticas a Zé Ricardo, que
acabou demitido na noite deste domingo. Edmundo cobrou pulso firme do treinador
que vier a substitui-lo e defendeu Jayme de Almeida como interino.
“Quem
tem no mercado nacional? É difícil. O que tem disponível, vou citar dois:
Oswaldo [de Oliveira], Jorginho… Me fugiu o nome do terceiro… Cristóvão
[Borges] foram três que passaram pelo Flamengo e não deram certo. Eu acho que
hoje teria que chegar alguém que tivesse peito de escalar o Flamengo como o
Flamengo deve ser escalado: não por nomes, porque hoje o time hoje é escalado
por nomes, começa a ser escalado da frente para trás”, opinou.
Diante
da opinião contrária de PVC, ele levantou a voz. “Se você assumisse o Flamengo
hoje, você barraria o Guerrero? Você barra o Guerrero? O Everton [Ribeiro], o
Diego?”, questionou. Quando a mesa ponderou sobre a escalação deste domingo do
Rubro-Negro, que usou só William Arão na contenção e cinco jogadores de frente,
Edmundo ficou contrariado. “Não é, não é”, repetiu três vezes.

COMENTÁRIOS: