Elias troca de Empresário e sonha com retorno ao Flamengo

170
Elias teve passagem de sucesso pelo Flamengo – Foto: Buda Mendes/Getty Images

UOL: De
um lado, a temporada difícil no Atlético-MG e a possibilidade de se iniciar
2018 com uma reformulação. Do outro, o Corinthians líder do Brasileiro e com
vaga encaminhada para a Copa Libertadores, perspectivas semelhantes às do
Flamengo. No meio disso tudo, a provável última chance de jogar uma Copa do
Mundo faz Elias avaliar possibilidades para o ano que vem.

Segundo
apurou o UOL Esporte, uma volta a um dos dois clubes em que se destacou são
possibilidades, a médio prazo, levadas em conta pelo estafe de Elias, 32 anos.
Ainda que, naturalmente, sua prioridade esteja nesse momento totalmente sobre o
Atlético.
Com
contrato até 2020, Elias ainda espera, assim como sua atual equipe, que uma
reação leve o Atlético à disputa de vaga por uma Libertadores. Titular
absoluto, ele também mantém dedicação no dia a dia, mas o cenário, por ora, não
se mostra favorável para o próximo ano e o objetivo de retornar à seleção.

Com a
meta de voltar aos planos de Tite, Elias trocou de empresário no início da
temporada. Ele encerrou seu vínculo com a OTB Sports e trabalha agora com a
dupla Kia Joorabchian e Giuliano Bertolucci, sempre muito presentes em
negociações do Corinthians e no Atlético-MG. Eles foram os responsáveis por
selar sua mudança de Lisboa a Belo Horizonte, por exemplo.
Caso o
atual panorama não se modifique, então, Elias avalia uma volta para uma das
duas equipes brasileiras em que construiu reputação de ídolo. Cabe frisar que
nenhuma negociação foi aberta e se tratava apenas de um contato informal. Com
duas passagens vitoriosas pelo Corinthians, do qual saiu há um ano, Elias
encontraria no aspecto financeiro um ponto que dificultaria seu retorno.
No
entendimento de Elias, a se manter o cenário difícil no atual clube, apenas um
primeiro semestre de impacto por uma equipe que dispute a Copa Libertadores
poderia sensibilizar Tite. O treinador da seleção, com frequência, cita o
meio-campista como um dos nomes em seu radar. Mas, desde Dunga, ele não foi
mais convocado.
A
trajetória até aqui no Atlético-MG
Elias
chegou ao Atlético-MG no fim de janeiro como a grande contratação do clube para
a temporada 2017, em meio a jogadores importantes do elenco como Victor e Fred.
O pagamento de sua aquisição ao Sporting-POR, porém, tem sido uma tarefa
complicada para os atleticanos – o valor total da operação é de  R$ 12 milhões.
Após
um começo sem empolgar, aos poucos Elias foi apresentando um futebol próximo de
temporadas anteriores, quando chegou à seleção brasileira. E uma convocação
parecia algo natural entre o final de abril e o começo de junho. Foi nesse
período que Elias teve seu melhor momento com a camisa atleticana. Foram várias
boas atuações, com algumas premiadas com gols. Ele chegou a ter um momento de
artilheiro, com gols em cinco jogos de seis disputados.
Um
deles, aliás, valeu o título do Campeonato Mineiro, em cima do Cruzeiro. Outro
foi contra o Flamengo, na estreia do Brasileirão, no Maracanã. Mas a partir de
então, o time não evoluiu como se esperava. Derrotas seguidas pela competição,
especialmente dentro de casa, seguidas por eliminações nas Copas do Brasil e
Libertadores, marcaram as últimas semanas.

COMENTÁRIOS: