Em 15 dias, Rueda usa 7 defensores mas Flamengo não toma gol

30
Reinaldo Rueda e Juan no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

UOL: Reinaldo
Rueda completou 15 dias de trabalho no Flamengo com um cenário animador. O
Rubro-negro está na final da Copa do Brasil e invicto há quatro jogos. Mais do
que isso, a defesa, que se transformou em um problema crônico nos últimos
momentos sob o comando de Zé Ricardo, segue sem ser vazada na gestão do
colombiano.

Para
se ter uma ideia, o Flamengo sofreu 17 gols nas dez partidas antes de Rueda
assumir. O setor defensivo se mostrava inseguro. Eram falhas dos zagueiros e
nas coberturas dos laterais. O treinador chegou e ressaltou aos jogadores a
necessidade de corrigir os erros antes de qualquer coisa. Até o momento, a
iniciativa é um sucesso.
Em
quatro jogos, o Rubro-negro somou três vitórias, um empate e o passaporte para
uma decisão que pode colocá-lo antecipadamente na Copa Libertadores de 2018.
Sete jogadores de defesa foram utilizados contra Botafogo, Atlético-GO e
Atlético-PR.
Com
restrições para escalar o time na Copa do Brasil, já que o goleiro Diego Alves,
o zagueiro Rhodolfo, o meia Everton Ribeiro e o atacante Geuvânio chegaram após
o fim das inscrições, Reinaldo Rueda optou por uma dupla de zaga com os
experientes Réver e Juan. Rhodolfo e Rafael Vaz foram utilizados no Campeonato
Brasileiro, sendo que o segundo até como lateral-esquerdo, em uma tentativa de
fortalecer a marcação no setor.
Quem
perdeu espaço foi o lateral peruano Trauco. Se Rodinei surge na titularidade
pelo lado direito, o setor esquerdo já teve Renê e Pará improvisado. Os sete
atletas são protegidos pela dupla de volantes Cuéllar e Willian Arão, os
eleitos de Rueda. A marcação, no entanto, começa lá na frente e tem funcionado.
O
Flamengo até já ficou quatro jogos sem levar gols na temporada. Porém, eram
partidas contra adversários teoricamente mais fracos e sem o componente
eliminatório das semifinais da Copa do Brasil. Foi entre 16 e 25 de fevereiro –
vitórias sobre América, Madureira e Vasco, além de empate com o Ceará.
“O
professor Rueda chegou e tentou acertar o nosso sistema defensivo. Falhávamos
bastante e tomávamos gols bobos. Encontramos uma consistência de defesa muito
boa. Sabemos que temos jogadores qualificados na frente e que podem definir a
partida a qualquer momento. É importante defender bem por conta disso”,
afirmou Pará.
“A
nossa defesa tem melhorado muito. O professor Rueda passa intensidade nos
treinamentos e trabalha a marcação desde o setor ofensivo. Ele tem cobrado
muito. A conversa funciona. Existe concentração para que a coisa melhore”,
completou o volante Romulo.
Técnico parabeniza jogadores por feito
De
perfil sereno e com calma no dia a dia, Reinaldo Rueda impõe aos poucos o que
pensa no Flamengo. São apenas 15 dias de trabalho e falta bastante para uma
avaliação completa do colombiano no Ninho do Urubu. O primeiro passo foi dado,
mas os méritos estão com o elenco, de acordo com o comandante.
“Tudo
isso passa pelo compromisso da equipe. É uma coisa de todos os jogadores, da
reação anímica e futebolística. É uma resposta muito boa ao estilo de trabalho
e de treinamento, com boa receptividade e compromisso com a torcida. É uma
equipe com caráter ganhador, de time grande e organizado. Considero que estão
comprometidos e com solidariedade coletiva. Os resultados estão aparecendo por
conta disso”, encerrou o treinador.

COMENTÁRIOS: