Fã de Beckenbauer e estudioso: O novo técnico do Flamengo

12
Reinaldo Rueda – Foto: Divulgação

UOL: Reinaldo
Rueda é uma espécie de bandeira na Colômbia. O novo técnico do Flamengo possui
uma legião de admiradores há alguns anos. A fama aumentou com o título da Copa
Libertadores de 2016 e fez a hashtag #RuedanoFla bombar nas redes sociais a
partir do momento em que o profissional deixou o Atlético Nacional-COL em
junho.

É
inegável que a campanha ajudou na chegada ao Rubro-negro, assim como o desejo
de trilhar uma trajetória de sucesso no futebol brasileiro, que Rueda tanto diz
admirar. A missão de recuperar o time carioca não será simples. O colombiano
acompanhou de perto a derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG e fez uma série de
anotações do que pretende implantar e passar ao grupo.
Mas
quem é o treinador que chega ao clube? O UOL Esporte reuniu alguns detalhes
importantes da carreira de Reinaldo Rueda Rivera, nascido em 16 de abril de 1957,
em Cali, na Colômbia.
Falar
do novo técnico do Flamengo sem mencionar a Alemanha é praticamente impossível.
Foi no país tetracampeão mundial que Rueda formou a sua base profissional. Em
meio ao tri conquistado em 1990, Reinaldo estudava na Alemanha. Cursava uma
pós-graduação na escola de esportes em Colônia. Os dois anos na Europa foram
decisivos para que o colombiano seguisse a carreira no futebol. Alguns
profissionais serviram de modelo, mas nenhum chegou perto de Franz Beckenbauer,
a principal referência para Reinaldo Rueda.
A
trajetória como treinador iniciou em 1993. Ele comandou as equipes colombianas
Cortuluá, Deportivo Cali e Independiente Medellín. Logo, Rueda ficou conhecido
pela forma de trabalhar. Estudos em função do jogo, treinamentos modernos e
respeito. No meio do futebol, o comandante é chamado de um autêntico gentleman.
É comum ouvir elogios de jogadores e dirigentes que já trabalharam com ele.
O
sucesso de Rueda apareceu nos anos 2000. Por muito pouco não classificou a
Colômbia para a Copa do Mundo de 2006. Mas dois Mundiais foram para o currículo
logo na sequência. Ele dirigiu a modesta seleção de Honduras em 2010. Depois,
iniciou o ciclo que colocou o Equador na Copa de 2014. Terminou o torneio com
uma vitória, um empate e uma derrota.

reconhecido, Reinaldo Rueda alcançou a maior glória no ano passado. Em um
trabalho primoroso, o técnico levou o colombiano Atlético Nacional ao título da
Copa Libertadores. A equipe fez boa campanha e apresentou um futebol
envolvente. A performance contribuiu para que o nome do técnico explodisse
entre os torcedores brasileiros. Alguns clubes tentaram a contratação, mas ele
tem a primeira oportunidade de trabalhar no Brasil com o Flamengo.
Rueda
chega ao Rubro-negro com experiência e metodologias que construíram uma
carreira de sucesso, mas acima de tudo com respeito. A diferença será na
comissão técnica. Acostumado a trabalhar com uma equipe de seis profissionais,
o colombiano vem ao Flamengo acompanhado apenas do auxiliar Bernardo Redin e do
preparador físico Carlos Eduardo Velasco.
A
história de Rueda começa nesta segunda-feira (14). O contrato vai até dezembro
de 2018 e o desafio é complicado: “salvar” a temporada do Flamengo e
iniciar um projeto vitorioso para o próximo ano. O colombiano era um sonho da
administração Bandeira de Mello. As cartas estão na mesa. Agora é com o
professor.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here