Flamengo é o Clube que mais ganhou Sócio-Torcedores em 2017

135
Socios-torcedores do Flamengo na Ilha do Urubu – Foto: Divulgação

ESPN: O
Corinthians está novamente no topo do ranking de sócios-torcedores do
“Movimento por um Futebol Melhor”. Em alta, a equipe paulista viu seu programa
de associados voltar a crescer depois de despencar no início do ano e
ultrapassou o rival Palmeiras para recuperar a liderança.

Líder
e invicto no Campeonato Brasileiro, o Corinthians já liderava a lista em
janeiro, com marca acima de 130 mil sócios – o Palmeiras, por sua vez, era
segundo, com 126,7 mil. Em fevereiro, contudo, o clube alvinegro atualizou o
número de inadimplentes, perdendo 52 mil associados.
Com a
queda no segundo mês do ano, o Corinthians passou a figurar apenas no quinto
lugar do chamado “Torcedômetro”, com pouco mais de 81 mil sócios-torcedores –
perdendo então, nesta ordem, para os programas de Palmeiras, Grêmio,
Internacional e São Paulo.
Desde
então, porém, o time alvinegro retomou o crescimento, até reassumir a
liderança. Hoje, o clube registra 123.106 inscrito em seu programa “Fiel
Torcedor”, contra 122.778 no “Avanti” do Palmeiras.
Ainda
assim, considerando a comparação com janeiro, o Corinthians está no “vermelho”,
perdendo mais de 10 mil sócios no ano. No Palmeiras, acontece o mesmo: quase
quatro mil torcedores a menos.
Dentro
de campo, depois de um 2016 decepcionante, o time comandado pelo técnico Fábio
Carille foi campeão paulista e lidera a Série A ainda sem conhecer derrotas –
com 14 pontos de vantagem para o Palmeiras. A equipe alviverde, por sua vez,
depois de vencer o último Brasileiro, investiu pesado para 2017, mas tem
amargado decepções – a última, a queda na Copa Libertadores.
]Mais ‘Torcedômetro’
Atrás
de Corinthians e Palmeiras, a terceira colocação do ranking de
sócios-torcedores do “Movimento por um Futebol Melhor” é atualmente do Grêmio,
vice-líder do Brasileiro, com 120,9 mil associados. São Paulo, em quarto com
115.741, e Internacional, quinto com 121.756, completam o top 5.
Flamengo
e Atlético-MG, que são os times que mais ganharam sócios considerando apenas
2017 (28,2 mil e 26,8 mil, respectivamente), aparecem no sexto e sétimo lugares
da lista.

COMENTÁRIOS: