Flamengo milionária não desencanta

17
Torcida do Flamengo na Arena Corinthians, em Itaquera – Foto: Geovani Velasquez

GOAL: Dinheiro
é sinônimo de sucesso no futebol? Na maioria dos casos ajuda bastante quando
mas nem sempre é o fator principal. No Rio de Janeiro, por exemplo, o rico
Flamengo vê o primo pobre Botafogo nas oitavas de final da Copa Libertadores da
América e apenas cinco pontos atrás na tabela de classificação do Campeonato
Brasileiro. Vale ressaltar também que as duas equipes se enfrentarão nas
quartas de final da Copa do Brasil.

Com
uma folha salarial quase que três vezes menor que a do Flamengo e sem as
grandes estrelas que circulam pelo Ninho do Urubu, o time de Jair Ventura vem
construindo a sua história na temporada e mesmo que não fature nenhuma taça vem
fazendo o trabalho mais bem feito que o Rubro-Negro.
As
cifras investidas não resultam em bom momento dentro de campo, desde que saiu
da Libertadores, o Flamengo atravessa uma fase completamente instável com
falhas individuais e pontos importantes perdidos. São cerca de 58 milhões de
reais em reforços, contra apenas 3 milhões do Botafogo que teve a maioria dos
seus atletas adquiridos sem custos.
Outro
time com menos investimento que está bem na cola do Rubro-Negro é o Sport de
Vanderlei Luxemburgo. A equipe nordestina soma 28 pontos contra 29 do time de
Zé Ricardo. Também podemos comparar o invicto Corinthians, que está a 15 pontos
na frente do Rubro-Negra na tabela e teve investimento bem menor no ano de
2017.

Com
poucas chances de título no Campeonato Brasileiro, o Flamengo pode voltar as
atenções para a Copa do Brasil e Copa Sul-Americana para não tornar 2017 um ano
de pesadelos.

COMENTÁRIOS: