Flamengo, seja ousado

32
Torcida do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

FALANDO
DE FLAMENGO
: Por Thiago Nascimento

Após
mais um resultado vexatório em 2017, o Flamengo optou por demitir o técnico Zé
Ricardo.
Embora
o técnico já estivesse pressionado por resultados ruins durante a temporada de
2017, o caldo entornou de vez após o time do Flamengo perder em casa para o
time do Vitória (tal time encontra-se na zona de rebaixamento do Campeonato
Brasileiro).
Por
mais que contasse a favor do ex técnico, o fato de ter sido oriundo das
categorias de base e conhecedor do dia a dia do clube, esses argumentos por si
só, não foram suficientes o bastante para mantê-lo no cargo de técnico do
Flamengo.
Apesar
de ter o melhor elenco do Brasil em 2017, o Flamengo não conseguiu colocar em
prática até o presente momento, todo o potencial que dele se espera dentro das
quatro linhas.
Com
uma campanha apenas razoável no Brasileirão, o Mais Querido encerrou o primeiro
turno com sete vitórias, oito empates e 4 derrotas. Logo, a indignação da Nação
Rubro Negra se justifica. E como se justifica.
Em que
pese o título do Campeonato Carioca de 2017, o time não atua bem (e com
regularidade), há muito tempo.
Entre
os maiores defeitos desse time, estão a falta de jogadas ensaiadas e escassez
de esquemas táticos. E tais defeitos são corroborados pelos nossos adversários.
Pois muitos deles, quando nos enfrentaram, sempre se pronunciaram antes ou após
as partidas, com a seguinte afirmação:
“O
time do Flamengo é previsível. Eles só possuem uma jogada”

Não
acreditas? Então pesquise em jornais e na internet, e verás que essa afirmação
é uma triste realidade no ano de 2017.
Apesar
da campanha desastrosa que o Flamengo realiza no Campeonato Brasileiro, o ano
ainda não terminou para o time de futebol.
Mesmo
com a necessária troca de técnico, o discurso conformista jamais poderá fazer
parte do planejamento e do dia a dia do clube. Aliás, ainda temos duas copas no
nosso caminho para conquistar.
A
gestão do futebol tem a obrigação de contratar um técnico que esteja a altura
do nosso honrado futebol Rubro Negro.
A
gestão precisa ter a consciência de que o clube precisa ter o melhor técnico da
América do Sul em seu quadro de funcionários. Portanto, eles que percorram todo
o continente em busca desse objetivo, e que só voltem ao clube com tal objetivo
alcançado.
Trabalhar
no Flamengo nunca será fácil. A torcida que é o seu PATRÃO, sempre fará
cobranças. E quem aceita tal desafio, precisa estar preparado para tal, durante
24 horas por dia.
A
História nos mostra que o Flamengo se alimenta de títulos. Portanto, é
obrigação conquistá-los.
Saudações
Rubro Negras.

COMENTÁRIOS: