Flamengo tenta corrigir problema na defesa para seguir no topo

24
Rafael Vaz e Réver em Flamengo x Atlético-GO – Foto: Buda Mendes/Getty Images

EXTRA
GLOBO
: Pausa no sonho da final da Copa do Brasil para uma outra realidade. Se
quiser se manter no G-6 do Brasileiro, o Flamengo precisa parar de sofrer gol
na competição. O Rubro-Negro tem a segunda pior defesa entre os seis primeiros,
com 21 gol sofridos.

Esse foi
o principal problema detectado pelo técnico Rueda logo que chegou.
– O
Rueda chegou com esse sistema defensivo desde o primeiro jogo. Até eu que sou
um lateral que ataco muito ele falou para dar uma segurada. Pensar primeiro em
marcar. Gol vamos fazer porque temos atacantes qualificados – explicou Rodinei.
O
lateral é um caso simbólico. Foi xodó da torcida na final do Carioca, quando
entrou como ponta e fez o gol do título sobre o Fluminense. No Brasileiro, a
estratégia não deu certo e culminou com a demissão de Zé Ricardo. O Flamengo
teve os únicos três jogos seguidos sem gol sofridos, diante de Vasco, São Paulo
e Bahia. Logo depois se desarrumou. Agora, os improvisos e soluções visam
corrigir falhas defensivas, inicialmente.
Mesmo
na Ilha do Urubu, contra o Atlético-PR, amanhã, a postura da equipe de Reinado
Rueda será conservadora. Como já foi diante do Atlético-GO, semana passada. Um
time que ainda não encanta, mas se mostra mais eficiente.

COMENTÁRIOS: