Jair Ventura nega torcer pelo Flamengo: “Fui gandula”

388
Jair Ventura, técnico do Botafogo, ao lado de Renato Gaúcho em jogo do Flamengo – Foto: Divulgação

GLOBO
ESPORTE
: Uma foto. Nela, um menino de nove anos que fazia sua estreia como
gandula posa com seu ídolo. Era 1988. Na imagem, Jair Ventura com Renato
Gaúcho, então jogador do Flamengo, no gramado do Maracanã. Quase 30 anos depois,
pelos caprichos do futebol, os dois agora estarão frente a frente nas quartas
de final da Libertadores entre Botafogo e Grêmio. Como adversários.

A
imagem do gandula e do ídolo foi publicada na edição da revista Placar do dia
24 de junho de 88. O texto que acompanha a foto retrata Jair como um pequeno
rubro-negro, que lamentou a derrota por 2 a 1 do Flamengo para o Vasco no
primeiro jogo da final do Carioca daquele ano que seria conquistado pelo
Cruz-Maltino.
Ao fim
do jogo, depois da derrota rubro-negra, o pequeno Jair lamentou: “Não dei
sorte”.
Na
verdade, segundo a revista, o sonho do meino era tirar foto com Bebeto e
Leandro, mas por conta de uma confusão antes de a bola rolar acabou sobrando o
Renato.
A
foto, feita pelo fotógrafo Nilton Claudino, voltou às manchetes às vésperas do
jogo entre Flamengo e Botafogo, no início de junho. As redes sociais ajudaram a
viralizar a imagem, que virou assunto até nas entrevistas coletivas após o
Botafogo x Grêmio do último domingo.
No ar,
ficou o ponto de interrogação que serviu para alimentar a rivalidade sadia
entre alvinegros e rubro-negros: o time de coração do filho de Jairizinho,
ídolo do Botafogo, é mesmo o Flamengo?
O QUE DIZ JAIR?
Com a
palavra, pela primeira vez comentando o assunto, o pequeno gandula que cresceu
para o futebol. Fala, Jair.

Desde muito pequeno vivi no meio do futebol, rodeado por jogadores e sempre fui
apaixonado pelo esporte. Fui criado no meio de craques e estar com eles era
normal, por causa do meu pai. Aqueles caras eram meus ídolos. Nunca fui de
torcer para um time específico. Eu torcia para meus ídolos, queria que eles
ganhassem sempre, fazendo gols…e o Renato era um desses ídolos. Fui gandula
em diversos jogos, de diferentes times e tenho fotos com vários jogadores.
Estar perto deles era um prazer enorme
O QUE DIZ RENATO?
Questionado
na sala de imprensa do Estádio Nilton Santos sobre tal foto, Renato Gaúcho
apenas brincou com a situação e se mostrou contente pelo sucesso do antigo fã.
– De
coração, estou muito feliz pelo Jair, até porque sou muito amigo do pai dele.
Naquela época, ele (Jair Ventura) já reconhecia os craques.
Flamengo
e Botafogo fazem o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil na
quarta-feira, no Nilton Santos; a segunda partida será 23 de agosto, no
Maracanã.

Já o
primeiro jogo entre Botafogo e Grêmio pelas quartas de final da Libertadores
será dia 13 de setembro, no Rio; o de volta, no dia 20, em Porto Alegre.

COMENTÁRIOS: