Muita calma com Rueda

32
Técnico Reinaldo Rueda no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

BLOG
DO TIRONI: 
Foram
17 gols tomados nas últimas dez partidas, o que dá uma média de quase dois gols
por jogo (!!). O sonho da conquista do título brasileiro foi para o espaço e
até mesmo a vaga dentro do G6 já não é tão certa assim.

O
elenco que foi classificado como um dos mais fortes do futebol brasileiro agora
mostra algumas fissuras. Por exemplo: a zaga é formada por jogadores
irreparáveis mesmo? Os laterais estão entre os melhores da posição no país?
Amanhã,
o Flamengo joga seu destino na temporada: começará a se delinear se o time
conquistará ou não um torneio nacional relevante no ano. Fará o primeiro jogo
da semifinal da Copa do Brasil contra o confiante Botafogo.
É
neste panorama que o colombiano Reinaldo Rueda chega ao Flamengo, com o time no
olho do Furacão.
O
momento é de ter cuidado com o que vem por aí. Rueda tem ótimos serviços
prestados ao futebol nos últimos anos. Transformou o Atletico Nacional de
Medellin em uma ótima equipe, que chegou ao seu auge ao conquistar a
Libertadores de 2016. Mas este trabalho não foi feito em seis meses. Ele foi
resultado de anos da adoção de uma filosofia de jogo trazida por Juan Carlos
Osorio e continuada pelo novo técnico do Fla. Neste período, o elenco do
Atletico foi quase todo mantido ou reforçado. Quando houve o desmanche, este
ano, o desempenho naturalmente caiu e o time não passou nem sequer da fase de
grupos do torneio sul-americano em 2017.
Assim
que Zé Ricardo foi demitido, Rodrigo Caetano veio a público e disse que a aposta
em um estrangeiro deveria levar em conta que os resultados poderão não surgir
este ano. A pergunta que se faz é: torcedores e dirigentes estão preparados
para mais um ano sem conquistas?
O
trabalho que vai começar no Fla pode ser de muito sucesso, mas vai depender de
alguns fatores. Entre eles, a paciência e a convicção na escolha estão em
primeiro plano.
O
comportamento da torcida e dos dirigentes a partir de agora serão tão
importantes quanto a presença do colombiano no Ninho do Urubu. Resta saber se
torcida e cartolas aceitam pagar este preço.

COMENTÁRIOS: