Muralha é absolvido, mas Flamengo terá de pagar multa

27
Botafogo x Flamengo no Engenhão – Foto: Gilvan de Souza

LANCE:
O STJD deu nesta sexta-feira as sentenças de Flamengo e Botafogo além do
goleiro Alex Muralha, do Fla, e do zagueiro Joel Carli, do Alvinegro, por
confusões no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, há nove dias, no
Nilton Santos, o empate em 0 a 0. O Tribunal optou por absolver os atletas e
dar punições leves aos clubes.

Joel
Carli e Alex Muralha se envolveram em um lance polêmico no segundo  tempo daquela partida, acabaram expulsos e
julgados por conduta desleal e jogada violenta, respectivamente. Se fosse
punido, o goleiro poderia pegar até seis jogos de suspensão, já o zagueiro,
três.
O
Flamengo terá que pagar R$ 7 mil reais e o Botafogo R$ 15 mil por confusões no
Nilton Santos. O Alvinegro foi condenado no artigo 213 do CBJD, que culpa o
clube mandante por não reprimir ou prevenir desordens e absolvido no artigo
191. Este diz que os clubes podem ser multados por conduta imprópria da
torcida. 
O
Flamengo também foi absolvido nesse julgamento, mas foi condenado nos artigos
213 e 206. Este último é relativo ao atraso do time para o gramado após o
intervalo e corresponde a dos dois sete mil reais da mula rubro-negra.

COMENTÁRIOS: