Nicola diz que Corinthians desistiu de Rueda por falta de dinheiro

51
Reinaldo Rueda – Foto: Divulgação

JORGE
NICOLA
: O Flamengo deve anunciar nesta terça-feira Reinaldo Rueda como novo
treinador. E essa não é a primeira vez que o colombiano fica perto de um time
daqui: em dezembro do ano passado, ele chegou a aceitar uma oferta do
Corinthians.

Rueda
ganharia R$ 600 mil por mês de salário e teria direito a luvas de R$ 2 milhões
pela assinatura do vínculo, com duração de uma temporada. O campeão da Libertadores
pelo Atlético Nacional ainda contaria com dois auxiliares no Parque São Jorge.
Ao
contrário do que foi divulgado na época, foi o Corinthians quem desistiu do
acordo na última hora. O presidente Roberto Andrade sofreu forte pressão de
seus aliados, entre eles Andrés Sanchez, para melar o acerto por causa das
questões financeiras. O clube não teria, por exemplo, os R$ 2 milhões para
pagar as luvas.
Para
piorar, Rueda também precisaria de pelo menos dez semanas afastado dos campos
em recuperação de uma cirurgia no quadril. A avaliação da diretoria foi de que
esse período de ausência prejudicaria toda a preparação e montagem do time,
além de atrasar a adaptação do colombiano.
No
mesmo dia 22 de dezembro em que Rueda acabou descartado, Roberto cedeu aos
apelos internos e efetivou Fábio Carille como treinador. Vale lembrar que, dois
meses antes, Carille comandava o time de forma interina e foi substituído por
Oswaldo de Oliveira, por opção do presidente. Além de não ter classificado o
time para a Libertadores, Oswaldo ainda embolsou R$ 1,8 milhão, entre salários
e multa.
Desde
o desacerto com Rueda, no fim do ano passado, Carille só cresceu. Mesmo com
investimento baixo, ele conseguiu o título do Paulistão e liderou o time na
melhor campanha da história do primeiro turno do Brasileirão – foram 47 pontos
em 57 possíveis. Já Rueda se recuperou da cirurgia, foi campeão colombiano no
primeiro semestre do ano, mas acabou eliminado na fase de grupos da
Libertadores. Então, decidiu se desligar do Atlético Nacional.

COMENTÁRIOS: