Novo Preparador Físico chama a atenção no Flamengo

49
Carlos Eduardo Velasco, Preparador Físico do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

GLOBO
ESPORTE
: Tranquilo (Descansar)! Listo (pronto)! Ahora (Agora)! Arriba, arriba,
arriba (sobe)!!!

Com
muita animação, o preparador físico Carlos Eduardo Velasco roubou a cena em
treinamento no Ninho do Urubu. Após coletivo que envolveu atletas que não
iniciaram o empate com o Botafogo (0 a 0), Velasco comandou trabalho físico com
bola.
Mostrando
conhecimento sobre o grupo a ponto de chamar pelo nome até os mais jovens, como
Matheus Savio, por exemplo, gritava muito. Tanta eletricidade arrancou risos de
boa parte do grupo.
Incentivo
não faltou. Elogiou o camisa 21 com gritos de “Buena, Pará”.
“Vamos, Gabriel”, “Vamos, Savio” e “Arriba,
Vinicius” foram outros comandos escutados. Foram cerca de 15 minutos em
que aliaram bola e trabalho físico.
Na
atividade anterior, o coletivo, a imprensa entrou quase uma hora após início do
treino. No período aberto aos jornalistas, Mancuello marcou para o time com
colete. O grupo que atuou na equipe titular diante do Botafogo não foi ao
gramado, trabalhando na academia do CT.
Após o
treinamento, Willian Arão concedeu entrevista coletiva. Ele comentou o estilo
de trabalho intenso do novo preparador físico do clube. O volante disse já ter
trabalhado com profissionais de metodologia parecida anteriormente.
– É um
jeito diferente, eles têm que se adaptar ao nosso estilo, nós temos que nos
adaptar a eles. (…) Já trabalhei com o próprio Fábio Mahseredjian, no
Corinthians. O Anderson Paixão, que infelizmente faleceu no acidente com a
Chape, era um preparador físico que cobrava muito. Me ajudaram muito. É
diferente, mas a gente não está acostumado com esse tipo de cobrança, esse tipo
de intensidade. Não que não tivesse cobrança com o professor Daniel também, mas
são métodos diferentes, e estamos nos conhecendo – disse Arão.
O
“professor Daniel” ao qual Arão faz referência é Daniel Gonçalves,
chefe da preparação física do Flamengo antes da mudança de Zé Ricardo por
Reinaldo Rueda. Com a chegada do colombiano e sua comissão, Daniel voltou ao
cargo que assumiu em sua chegada à Gávea: coordenador científico.

COMENTÁRIOS: