O caminho de Rueda no Flamengo

17
Foto: Divulgação

PC
VASCONCELLOS
: Olá

Os 90
minutos que Reinaldo Rueda viu do Flamengo contra o Atlético Mineiro não
permitem que chegue a uma conclusão sobre como é o elenco, mas deram indícios
do trabalho a ser feito. Tenho a crença de que o segundo turno do Campeonato
Brasileiro poderá apresentar equipes em recuperação, caso do CAM, e outras em
estágios diferentes do que se encontram atualmente. E o Flamengo pode ser
incluído nesta lista. Tomara que Reinaldo Rueda, a exemplo do que acontece com
muitos técnicos, não seja visto como um feiticeiro ou alguém que num passe de
mágica transforma o time por ele orientado.

tempos, o técnico de futebol é colocado numa posição acima de tudo e todos. Não
é assim. Ao contratar Reinaldo Rueda, o Flamengo acerta. Buscou um profissional
com boas ideias e que pode desenvolver um bom trabalho à frente do Flamengo.
Necessitará de tempo e o que acontecer com o Flamengo na semifinal da Copa do
Brasil contra o Botafogo para tristeza ou alegria do clube pouco terá a ver com
Rueda. Enquanto mantivermos essa postura de dar toda a responsabilidade nos erros
e acertos ao técnico, a avaliação do trabalho sempre estará diretamente ligada
ao resultado e ignorará o desempenho. Um e outro não podem ser tratados assim.
Estão diretamente ligados.
E por
falar em tempo é o que precisa Rogério Micale. Pela primeira vez desde que
passou a treinar o Atlético Mineiro terá dias para trabalhar. Precisamente uma
semana. Diante do quadro e do que já insinua o RM, a perspectiva do time dentro
do Campeonato Brasileiro pode melhorar. Distante, bem distante, do que foi imaginado,
mas com sinais de recuperação. Um segundo turno mais próximo da capacidade do
elenco não é algo tão exagerado assim.
São Paulo
Se
você quiser saber o que é parceria entre torcida e time olhe os jogos do São
Paulo. São três quebras de recorde de público nos últimos jogos e essa parceria
pode impulsionar a equipe. Além disso, entra as muitas contratações, fica
evidente que Hernanes foi o maior acerto. Tem algo raro em clubes brasileiros
da atualidade; um jogador que se identifica com o clube e por ele sofre. Nao
que seja um sentimento exclusivo dele, mas a identificação com o Tricolor o faz
diferente. Nem sempre isso acontece.
O que
não dá para ignorar é o grosseiro erro de arbitragem no pênalti que resultou no
gol da vitória do Tricolor. Fico a me perguntar como se erra em lance tão
claro! Difícil conseguir uma argumentação ou explicação para erros assim.
Repetem-se com desconfortável sequência e prejudicam o espetáculo. Talvez seja
a hora da própria Comissão de Arbitragem rever se a reciclagem tem sido bem
feita.
Neymar
A
discreta estreia de Neymar não ficou abaixo do esperado. Deixou, no entanto, a
certeza de que o PSG terá nesta temporada uma equipe mais robusta, com
personalidade e, talvez, capaz de segurar vantagens diante de Barcelona, Real
Madri e outras equipes do primeiro escalão europeu. Bobagem pensar em quanto
tempo o retorno para o dinheiro gasto com Neymar acontecerá. Desde o momento em
que assinou contrato vestindo a camisa do Batman, um super herói dos anos sessenta,
que Neymar já se paga.

COMENTÁRIOS: