Orçamento do Flamengo fechará ano R$ 192 mi acima do previsto

112
Torcida do Flamengo no Estádio da Ilha do Urubu – Foto: Gilvan de Souza

COLUNA
DO FLAMENGO
: Na noite desta terça-feira, o Conselho de Administração do clube
aprovou a readequação orçamentaria de 2017. Em janeiro, estava programado que o
Flamengo arrecadaria R$ 435 milhões, mas com novas receitas esse número subiu
para R$ 632 milhões. Será a maior arrecadação de um clube brasileiro na
história.

Esse
número subiu principalmente por conta da venda de atletas, como de Vinicius
Júnior. O clube vai receber R$ 105 milhões pela venda da joia. Ainda teve a
venda de Jorge e de Donatti. As negociações de jogadores representam 31% do que
será arrecadado em 2017.
A
previsão é de que a dívida do clube fique em R$ 333 milhões de reais em
dezembro desse ano. No fim do ano passado, as dívidas do Flamengo eram do mesmo
valor da receita, mas em dezembro deste ano a arrecadação do rubro-negra deve
ser o dobro do valor do endividamento.
Em busca de títulos
O
Vice-Presidente de Planejamento, Pedro Almeida e o diretor financeiro Paulo
Dutra avisaram que os investimentos no futebol vão aumentar e a dívida vai
cair.
Em
entrevista ao globoesporte.com, Pedro Almeida afirmou: “O resultado financeiro
é meio. Nosso fim é título. Isso que passamos ao Conselho ontem (terça-feira)”.
Ele
também lembrou das críticas da torcida, que reclama das faltas de título mesmo
com os grandes gastos do clube:
“Tudo
isso que a gente faz no campo financeiro é para ter time competitivo e ganhar
título. Não estamos comemorando resultado financeiro. Isso (resultado
financeiro) foi escolha estratégica. A gente tem estudo que mostra que os times
mais ricos do mundo ganharam 76% das competições de pontos corridos nos últimos
20 anos na Europa.”

COMENTÁRIOS: