Ronaldinho Gaúcho pode seguir passos de Romário na política

60
Ronaldinho Gaúcho no Flamengo – Foto: Petra Mafalda/Mafalda Press

FUTEBOL
INTERIOR
: O Distrito Federal tem se caracterizado por receber grandes jogadores
de futebol que já estão em final de carreira, ou então, que estão já pensando
em encerrar suas participações como atletas. Exemplos disso foram Vampeta,
Marcelinho Carioca, Oséas, Junior Baiano, Iranildo, entre outros.

Mas a
notícia que caiu como uma bomba em Brasília está relacionada com Ronaldinho
Gaúcho, 37 anos. O jogador que começou no Grêmio/RS, passou por Flamengo,
Atlético Mineiro e outros clubes pelo mundo, pode chegar à Capital do Brasil,
mas não para jogar bola por Brasiliense, Gama, Ceilândia ou outro clube
candango.
Conforme
o jornalista Marcos Paulo Lima, do jornal Correio Braziliense, Ronaldinho
Gaúcho pode se candidatar à Deputado Federal ou Senador da República pelo
Distrito Federal. O partido em que Ronaldinho poderia se filiar é o PODE-DF
(Podemos), antigo PTN que tem o ex-atacante Romario como Senador e deve receber
também o ex-jogador Marcelinho Carioca como filiado.
NA POLÍTICA!
O
Senador Romário, falando ao Correio Braziliense destacou que: “Eu acredito que
há um vácuo político em Brasília e o Ronaldo é uma figura carismática, tem uma
imagem mundial, conhecida internacionalmente, eu considero um projeto
interessante para o partido e para ele”.
Com
relação a Ronaldinho não se lançar candidato pelo Rio Grande do Sul, a
explicação de Romário é que o jogador não quis retornar para o Grêmio onde saiu
desgastado com o torcedor, tendo ido parar no Flamengo.
Ronaldinho
Gaúcho está em turnê pelo mundo e deve retornar ao Brasil dia 30 de agosto.
Então, já no Brasil o jogador vai tratar deste assunto de política. O atleta
que foi campeão do Mundo pelo Brasil em 2002 e duas vezes melhor jogador do
mundo em 2004 e 2005, não atua profissionalmente desde 2015.

COMENTÁRIOS: