Rueda comenta ‘vida louca’ no Rio e ajustes em 10 dias de Flamengo

17
Reinaldo Rueda e Vinicius Júnior, do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

EXTRA
GLOBO
: O toque de mágica que Rueda parece ter dado no Flamengo em dez dias
esconde a loucura que tem sido a vida do técnico no Rio desde sua chegada. O
clube disponibilizou um arsenal de informações sobre o elenco e as competições
para o colombiano estudar, fora as horas extras em reuniões diárias no Ninho do
Urubu. Uma espécie de apostila foi entregue ao treinador e seus auxiliares com
dados técnicos e físicos dos jogadores. E deu certo.

– Até
agora é um bom saldo. Isso nos fortalece para o que vem por aí. Esperamos que o
trabalho seja visto no campo, nos torneios – afirmou o técnico.
Como
só conseguiu comandar quatro treinamentos em meio às partidas da semifinal da
Copa do Brasil, Rueda também teve a colaboração de luxo de Berrío, que não só
criou a jogada que originou a classificação do Flamengo sobre o Botafogo, como
foi p principal intérprete e facilitador para que o comandante tivesse uma
primeira impressão do clube e chegasse desarmado, solícito.
Rueda
e sua comissão técnica, então, se entregaram aos encontros que vararam algumas
noites no Centro de Treinamento. Não houve tempo nem para concluir o visto de
trabalho. O técnico está apenas com a liberação de residente pela Polícia
Federal. Foram mais entrevistas do que treinamentos. Nesta quinta-feira, folga
no clube, Rueda prestigiou o sorteio da final da Copa do Brasil na CBF e não
teve pausa nem para os beliscos oferecidos no lanche.
— A
semana tem sido muito intensa, com poucos treinamentos, mais reuniões. Estou
recebendo informações da equipe, de todos os departamentos. E também resolvendo
a situação do visto de trabalho, atendendo jornalistas — comentou com o EXTRA,
após deixar a entidade.
A
terceira partida sem levar gol foi comemorada por Rueda e por sua família na
Colômbia. O técnico contou que o apoio é total para que a primeira passagem
pelo futebol brasileiro dê certo.
— A
família está feliz, fazendo força pelo Flamengo. Quero me estabelecer aqui o
mais rápido possível — confessou o treinador.

COMENTÁRIOS: