Rueda prega reação ao time do Flamengo

19
Reinaldo Rueda no Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

UOL: Reinaldo
Rueda assinou contrato com o Flamengo até dezembro de 2018 e foi apresentado na
noite desta segunda-feira (14), no CT Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.
Motivado pela primeira oportunidade no futebol brasileiro, o técnico campeão da
última Copa Libertadores destacou a felicidade pelo novo trabalho e o desafio
de recuperar o Rubro-negro.

“Muito
feliz de estar aqui nessa grande instituição e aproveitando a oportunidade.
Vamos buscar a reação que o Flamengo necessita. É um orgulho e uma satisfação
ser técnico do Flamengo. O desafio é altíssimo, mas esperamos cumprir com as
expectativas. Temos muita paixão e compromisso”, afirmou.
O
Flamengo se distanciou demais da briga pelo título brasileiro e tem nas
competições eliminatórias boas chances de tentar salvar a temporada com
títulos. O Rubro-negro está nas semifinais da Copa do Brasil, nas oitavas da
Copa Sul-Americana e ainda nas quartas da esquecida Primeira Liga. Mesmo com
pouco contato, Rueda fez o diagnóstico do elenco.
“É
um grupo que não gosta de perder, já percebi isso. Senti quando o presidente me
apresentou ao elenco. Eles querem reagir. Há uma grande disposição para o
trabalho e creio que um bom início será muito importante para isso”,
comentou.
A
estreia do novo comandante pode acontecer já na próxima quarta-feira (16),
quando o Flamengo encara o Botafogo pela primeira partida da semifinal da Copa
do Brasil, às 21h45 (de Brasília), no Engenhão. A diretoria corre contra o
tempo para garantir o visto de trabalho de Reinaldo Rueda, Bernardo Redin
(auxiliar técnico) e Carlos Eduardo Velasco (preparador físico). Sobre a
paciência para o trabalho no Brasil, o técnico colombiano foi realista.
“Não
há paciência no futebol, principalmente na América do Sul. Somos muito
emotivos, faz parte da nossa raça. O importante é ter um projeto esportivo
sério e desejar algo a médio prazo. Temos que ser conscientes, pois somente os
resultados podem garantir a continuidade. Sei que temos o respaldo da torcida,
mas precisamos ratificar com resultados”, disse, acrescentando sobre os
técnicos estrangeiros que não deram certo recentemente no Brasil.
“Creio
que o Flamengo quer acabar com esse estigma, que possamos durar muito tempo
aqui. O time tem que mostrar em campo. Só assim romperemos o paradigma.
Esperamos que isso acabe”, completou.
Saiba mais sobre o novo técnico do
Flamengo

Reinaldo
Rueda tem 60 anos e iniciou a carreira de técnico em 1993. Ele treinou as
equipes colombianas Cortuluá, Deportivo Cali e Independiente Medellín antes de
passar por algumas seleções nos anos 2000. Por pouco não classificou a Colômbia
para a Copa do Mundo de 2006.

O
técnico, inclusive, tem duas Copas no currículo. Dirigiu a modesta seleção de
Honduras em 2010. Depois, iniciou o ciclo que colocou o Equador no Mundial do
Brasil de 2014. Terminou o torneio com uma vitória, um empate e uma derrota. O
grupo tinha França, Suíça e Honduras.
A
maior glória de Reinaldo Rueda foi realmente no ano passado, quando levou o
colombiano Atlético Nacional ao título da Copa Libertadores. O time fez
excelente campanha e apresentou um futebol envolvente, o que contribuiu para o
nome do técnico despontar entre os torcedores brasileiros.
Rueda
era um sonho antigo do Flamengo. Quando Muricy Ramalho se retirou por problemas
de saúde no ano passado, o colombiano esteve entre os preferidos da diretoria
para assumir o cargo. Não houve acordo na época. Demorou, mas o namoro terminou
com um final feliz. O técnico tem o apoio de boa parte da torcida e uma
oportunidade para brilhar no futebol brasileiro.

COMENTÁRIOS: