Sem Guerrero, Flamengo muda estilo de jogo e “se vira” bem

18
Foto: Marcos Ribolli/GloboEsporte.com

GLOBO
ESPORTE
: Não bastasse o momento conturbado, com uma vitória em seis partidas, o
futebol do Flamengo teve a confirmação de uma baixa sensível para pelo menos os
próximos três jogos. Referência no ataque do time, Paolo Guerrero sofreu uma
lesão de grau 2 na coxa direita na derrota para o Santos, quarta-feira. Mais do
que artilheiro na temporada, o camisa 9 é peça importante no esquema de Zé
Ricardo também quando sai de dentro da grande área.

A
falta que Guerrero fará para o time é mais nítida nas questões táticas do que
nos números, que não são ruins sem ele. Nesta temporada, o camisa 9 desfalcou o
Flamengo em 15 jogos, em alguns casos por conta da seleção peruana, em outros
foi poupado ou esteve suspenso. No geral, a equipe conseguiu ”se virar bem” ,
com sete vitórias, seis empates e duas derrotas.
O que
mudará com a entrada de Vizeu, porém, é o estilo de jogo do Rubro-Negro.
Enquanto Guerrero faz muito bem o pivô, protege a bola, o garoto, revelado nas
categorias de base do Fla é mais rápido e finalizador – além de chutar com a
perna esquerda, ao contrário do peruano. O time comandado por Zé Ricardo deve
apostar mais em bolas em profundidade enquanto não tiver seu centroavante
titular.
Ciente
da importância de um dos líderes do elenco, o clube não joga a toalha para a
possibilidade de contar com Guerrero na primeira partida da semifinal da Copa
do Brasil, dia 16, contra o Botafogo. A chance, porém, não é grande.
No
Brasileirão 2017
Os
dois resultados adversos sofridos sem Guerrero são mais recentes. No Campeonato
Brasileiro de 2017, o jogador não atuou nas derrotas sofridas para Sport e
Grêmio, além do empate diante do Avaí e das vitórias diante de Ponte Preta e
Atlético-GO.
Nos
últimos quatro jogos sem Guerrero no Brasileirão, o Flamengo marcou três gols.
Dois deles, no entanto, foram marcados por Leandro Damião. Na ocasião, ele
ainda era o substituto direto do camisa 9, mas foi transferido para o Internacional.
Contra o Santos, jogo em que o peruano se lesionou, Vizeu entrou e balançou a
rede.
Jogos do Flamengo sem Guerrero em 2017:
– Campeonato
Brasileiro: Atlético-GO (V), Sport (D), Avaí (E), Ponte Preta (V) e Grêmio (D)
– Sul-Americana:
Palestino (V)
– Copa
do Brasil: Atlético-GO (jogo de ida) (E)
– Primeira
Liga: América-MG (V) e Ceará (E)
– Carioca:
Portuguesa (V), Resende (V), Bangu (V), Vasco (E), Volta Redonda (E),
Fluminense (E)

COMENTÁRIOS: