Site vende ingressos para final mais baratos que o próprio Flamengo

35
Foto: Reprodução

EXTRA
GLOBO
: O torcedor que estiver na corrida por ingressos para a final da Copa do
Brasil entre Flamengo e Cruzeiro, dia sete de setembro, no Maracanã, não tem
apenas o site disponibilizado pelo clube carioca para garantir presença no
jogo. O site de compra coletiva Peixe Urbano disponibiliza (veja aqui) entradas
para o setor Leste Superior com um desconto de quase metade do valor cobrado
pelo Flamengo.

A
parceria com a empresa foi feita em 2015 para jogos do Brasileiro e uma carga
por jogo é cedida desde então. No site Peixe Urbano, o ingresso custa R$ 200,
44% a menos que os R$ 360 da entrada cobrada para o público em geral. Apesar da
diferença, a compra é considerada legal pelo Flamengo. E é uma alternativa a
quem não for sócio-torcedor e não terá chance de compra pelos meios divulgados
pelo clube. Até agora quase cem cupons foram comprados no Peixe Urbano.
Até o
fim da tarde, foram vendidos pelo Flamengo 47 mil ingressos para o jogo no
Maracanã e, segundo o clube, faltam cerca de dois mil bilhetes, que devem
chegar ao fim ainda nesta quarta-feira. A diretoria avaliou uma carga para as
bilheterias físicas, mas a compra se esgotará na internet antes. Os torcedores
que aderiram aos planos de sócios para comparecer à final da Copa do Brasil
precisarão trocar os ingressos nas bilheterias até o dia do jogo.
No
caso do Peixe Urbano, há um regulamento no ato da compra do ingresso que
explica o procedimento.
“Para
retirar o ingresso, apresente o documento original com foto e o CPF. Utilize o
acesso exclusivo para cliente Peixe Urbano. Para esse jogo o ponto de troca
será exclusivamente:Dia 06/09/2017, das 10h às 17h: Sede do Flamengo (Avenida
Borges de Medeiros, 997, Lagoa/RJ). Não haverá retirada de ingresso no
Maracanã. O único ponto de troca é na Gávea. O cupom não é ingresso”,
explica o texto.
O
Flamengo também tem parcerias com o site “KM de Vantagens”, mas não
havia ingressos para a final da Copa do Brasil disponíveis.

COMENTÁRIOS: