Zé Ricardo não pede demissão e analisa derrota do Flamengo

43
Foto: Divulgação
ESPN: Após
a derrota por 2 a 0 para o Vitória, neste domingo, em plena Ilha do Urubu, o
técnico Zé Ricardo descartou pedir demissão e disse que segue no comando do
Flamengo.
O
duelo foi marcado por muitas vaias e pedidos pela saída do treinador, que está
no comando rubro-negro desde o Campeonato Brasileiro do ano passado.
Ao
contrário de outras coletivas, porém, Zé admitiu que o Fla jogou mal e pediu
desculpas aos torcedores, mas garantiu que seguirá trabalhando.
“A
gente vinha fazendo jogos e os resultados não aconteciam, mas tínhamos uma
performance boa. Hoje, não tivemos uma boa atuação, e isso foi determinante
para o resultado. É uma sequência ruim, talvez hoje tenha saído um pouco do
nosso controle… Agora, é olhar para frente e trabalhar”, disse.
O
treinador também afirmou que não liga para as vaias da torcida, e que os
protestos da massa rubro-negra não irão mudar suas convicções no comando da
equipe.
“Isso
(protestos) nunca norteou meu trabalho e nunca vai nortear. Tenho as minhas
convicções e continuamos trabalhando em cima de treinamento. Se não tiver
confiança, não pode estar num clube como o Flamengo. Encaro sempre as
dificuldades como oportunidade de crescimento”, garantiu.

ainda revelou que houve conversa da diretoria com os jogadores e a comissão
técnica nos vestiários da Ilha do Urubu. O técnico não revelou o teor do
bate-papo, mas admitiu que a “insatisfação de todos é grande”.
“O
papo foi com todo mundo, fechamos a nossa corrente. Respeito a torcida, tem de
cobrar, buscar felicidade, e ficamos chateados de não dar esse retorno aos
torcedores. Mas a maior chateação é da gente mesmo. Hoje, infelizmente, não
alinhamos performance, nem resultado. Lógico que a insatisfação é grande”,
salientou.

COMENTÁRIOS: