Capitão do Flamengo reprova mudança no regulamento para finais

102
Réver, zagueiro do Flamengo – Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

FUTEBOL
INTERIOR
: O zagueiro Réver, do Flamengo, lamentou nesta segunda-feira a mudança
no regulamento da Copa do Brasil que retira do peso maior pelo gol marcado fora
de casa nas finais do torneio. A primeira partida da decisão entre o time
carioca e o Cruzeiro será realizada nesta quinta, às 21h45, no estádio do
Maracanã, no Rio. Já o segundo jogo está marcado para o próximo dia 27, no
mesmo horário, em Belo Horizonte.

“O
gol qualificado neste momento acaba surtindo efeito, ajuda quem define no
primeiro jogo, que tenta ir para cima, já que a obrigação é sempre do time que
joga em casa. Mas temos que pensar em nos defender, mesmo que o gol qualificado
não faca diferença. Temos que ser uma equipe equilibrada, como estamos sendo no
Campeonato Brasileiro. Espero que a gente consiga fazer um grande jogo e
conquistemos o nosso objetivo que é sair com uma vitória”, analisou o
defensor em entrevista coletiva.
O
defensor também evitou criar expectativa para o clássico contra o Botafogo, no
domingo que vem, pelo Campeonato Brasileiro.
“A
gente vive um momento de cada vez. O jogo mais importante é o jogo de
quinta-feira. Passando o jogo, a gente vai pensar no clássico. Primeiro é o
Cruzeiro, depois o Botafogo”, complementou.
Uma
vitória no clássico, marcado para o estádio do Engenhão, no Rio, pela 23.ª
rodada do Brasileirão, poderá valer a entrada do Botafogo, que tem 31 pontos e
ocupa a sétima posição, no G6 – a zona de classificação para a Copa
Libertadores.

para o Flamengo, quinto colocado com 35 pontos, o resultado positivo
representaria a aproximação da equipe de Santos e Palmeiras, terceiro e quarto
colocados do Nacional, respectivamente, dependendo dos demais resultados da
rodada.

COMENTÁRIOS: