Casagrande vê mudança da torcida do Flamengo: “Cantava 90 minutos”

37
Casagrande – Foto: SporTV

SPORTV:
Na última quinta-feira, 56.135 torcedores pagaram ingresso para assistir no
Maracanã à primeira partida da decisão da Copa do Brasil, entre Flamengo e
Cruzeiro. A imensa maioria foi de torcedores rubro-negros. Mas chamou a atenção
de muitos no estádio que, em determinados momentos da final, o coro dos
visitantes cruzeirenses, em número bem menor, se sobrepôs às vozes dos
flamenguistas. O comentarista da TV Globo Walter Casagrande se surpreendeu com
o fato. Com a experiência de ter enfrentando muitas vezes o Flamengo nos anos
80, quando defendia o Corinthians, e ter vestido a camisa do Rubro-Negro
carioca em 1993, Casagrande lembrou que esse comportamento aparentemente menos
vibrante da torcida do Fla no Maracanã não acontecia no passado.


Inicialmente, a festa foi a de sempre. Antes do jogo, mosaico maravilhoso, as
canções do Flamengo, aquele negócio de arrepiar. Foi igualzinho (a antigamente).
Mas achei que, em certo momento da partida, a torcida do Cruzeiro começou a
dominar o espaço. Isso, que eu me lembre, nunca aconteceu no passado. Desde que
eu jogava contra o Flamengo, no grande time do Zico, Adílio, era sofrido chegar
lá (no Maracanã). Os torcedores cantavam 90 minutos no Maracanã, era muito
difícil. E na época em que joguei pelo Flamengo era a mesma coisa.
Para o
comentarista, a mudança de perfil dos torcedores que vão aos jogos ocorrida com
a modernização de muitos estádios – e o consequente aumento dos preços dos
ingressos – tem relação direta com essa alteração de comportamento nas
arquibancadas. E não apenas em relação à torcida do Flamengo.

– Acho
que realmente está mudando o perfil dos torcedores no futebol brasileiro desde
quando fizeram as arenas e os ingressos ficaram mais caros. O próprio Tite
falou que é diferente a torcida do Corinthians da Arena (em Itaquera) com a do
Pacaembu. E é mesmo. A torcida agora é menos paciente, mais chata e não se une
tanto com o time (como antes). No Pacaembu, em determinados momentos, parecia
que estava todo mundo dentro do campo jogando com você. Agora não está mais
acontecendo isso.

COMENTÁRIOS: