Conca sorri com o filho após volta ao Flamengo

42
Conca, do Flamengo, sorrindo – Foto: Gilvan de Souza

EXTRA
GLOBO
: Embora não tenha se colocado à disposição para dar entrevista, o
argentino Dario Conca exibiu semblante alegre na chegada ao Rio depois de
voltar a atuar pelo Flamengo. Foram quase três meses de espera compensados por
17 minutos em campo diante do Paraná.

Apesar
de tocar pouco na bola e ficar fora de jogo em alguns momentos, o meia
conseguiu se movimentar e indicou melhoria física em relação à última vez que
entrou em campo, em 18 de junho, contra o Fluminense.
A
partir de agora, a comissão técnica rubro-negra avalia a resposta do jogador
nos treinos para decidir se vale apostar em sua evolução nas partidas do
Brasileiro e até na decisão da Copa do Brasil.
Inscrito,
Conca pode até aparecer na relação que enfrenta o Cruzeiro no Maracanã.
Sobretudo pelos desfalques de Guerrero e Vizeu e pela ausência dos reforços que
não estão inscritos. A decisão da comissão técnica, no entanto, é improvável
devido à forte concorrência.
Além
de voltar a atuar, Conca ganhou confiança ao converter o pênalti na disputa com
o Paraná. O argentino recebeu do técnico Reinaldo Rueda a promessa de que
tentaria utilizá-lo nos jogos. Com o excesso de partidas decisivas no mês de
setembro, pela Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana, Conca pode ganhar
sequência e enfim obter o ritmo que o torne útil nas partidas.
No
desembarque, o meia foi recebido pelo filho, o pegou no colo e seguiu sorrindo
para o carro. É a força de Conca na luta solitária para voltar a brilhar no
futebol.

COMENTÁRIOS: