Cruzeiro nunca venceu no “Novo Maracanã”

13
Times de Flamengo e Cruzeiro juntos na troca de faixas no Maracanã – Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

GLOBO
ESPORTE
: Quatorze anos depois, o Cruzeiro volta ao templo do futebol brasileiro
para uma decisão. Em 2003, coincidentemente, o time celeste fez o primeiro jogo
da decisão da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no Maracanã. Empate por 1 a 1,
no primeiro passo da conquista do tetracampeonato do clube na competição.

A boa
lembrança ficou na memória. Desde que o Mário Filho foi reinaugurado após
reformas, em 2013, para a Copa do Mundo, entretanto, a Raposa não conseguiu
sair de lá com os três pontos. Nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), será
a 10ª vez que o Cruzeiro vai em busca da vitória no Maracanã, que lhe daria uma
grande vantagem para a volta, dia 27, no Mineirão.
Também
é o retorno cruzeirense ao estádio. Há dois anos, a equipe mineia não atua por
lá, sendo que a última vez foi em 2015, quando Mano Menezes estava em sua
primeira passagem no clube e foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0. Desde
então, o time jogou, dentro no estado do Rio, no Engenhão, em São Januário, no
Luso-Brasileiro, em Volta Redonda e em Mesquita
A
estreia no novo Maracanã foi contra o Fluminense e, na ocasião, o Cruzeiro foi
derrotado por 1 a 0, no dia 31 de julho de 2013, em partida válida pela 10ª
rodada do Brasileirão. No total, no Maracanã, a Raposa perdeu seis vezes e
empatou três – aproveitamento de 11,11% no remodelado estádio. Foram seis gols
marcados, contra 15 sofridos.
Jogos do Cruzeiro no novo Maracanã

No
velho Maracanã, além da final da Copa do Brasil de 2003, o Cruzeiro disputou a
decisão do Campeonato Brasileiro de 1974, em um polêmico jogo contra o Vasco,
perdido por 2 a 1. Dos prováveis titulares na decisão desta quinta, alguns
jogadores já atuaram pelo Cruzeiro, no novo estádio, como o goleiro Fábio, o
zagueiro Léo (fez o gol no empate com o Botafogo em 2014), os volantes Henrique
e Lucas Silva.
Lucas
Silva relembra bem como é atuar no Maracanã, ainda mais quando está lotado. Mas
ele garante, a Raposa vai com tudo para conseguir um bom resultado.
– É
difícil, porque sempre que jogamos lá são clássicos com os times do Rio. Sempre
com o Maracanã lotado, e imagino que, nessa primeira final, vai estar entupido.
Mas o Cruzeiro vai muito forte e vamos com o objetivo de conquistar a vitória.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here