Diego e Thiago Neves fazem batalha à parte na final da Copa do Brasil

31
Foto: Divulgação

LANCE:
Os ‘caras’ de Flamengo e Cruzeiro, Diego e Thiago Neves fazem um duelo à parte
na noite desta quinta-feira, na primeira partida da final da Copa do Brasil, no
Maracanã. Os dois meias têm 32 anos e buscam o primeiro título de peso
defendendo as camisas rubro-negra e celeste.

O SONHO DO PRIMEIRO TÍTULO DE PESO
Aos 32
anos, o meia Diego viverá uma das noites mais importantes da sua vida nesta
quinta-feira, na primeira partida da final da Copa do Brasil, contra o
Cruzeiro, no Maracanã. Muito identificado com a torcida rubro-negra, ele busca
o seu primeiro título de peso pelo Flamengo, que o deixaria marcado na história
do clube.
Diego
foi contratado para fazer a diferença e decidir a favor do Flamengo. Na
semifinal contra o Botafogo, ele fez o que dele se esperava, com um gol, e
colocou o time na decisão. Agora, ele vai travar um duelo à parte com Thiago
Neves, a referência da Raposa.
Confiante
no potencial do camisa 35, o zagueiro e capitão do Flamengo, Réver, espera que
Diego leve a melhor no confronto.
– São
dois grandes jogadores que vivem momentos brilhantes e são importantes para as
suas equipes. Esperamos que o nosso maestro nos ajude não só com gols, mas
também anulando o Thiago, que é importante para o Cruzeiro – disse o defensor.
Principal
armador do Flamengo, Diego também joga como segundo volante quando é
necessário, em situações de jogo em que o Rubro-Negro passa a ter vários
jogadores ofensivos. Já Thiago Neves costuma se aproximar mais do gol, como
lembra o zagueiro Réver.
– É
diferente, o Thiago Neves, às vezes, atua como camisa 9, e o Diego como armador
– comentou.
O MAESTRO DA RAPOSA
Confirmado
como reforço do Cruzeiro no dia 5 de janeiro deste ano, Thiago Neves é, sem
dúvidas, o trunfo celeste para a conquista da Copa do Brasil. Vista com
desconfiança – pelo fato de meia ter atuado no Oriente Médio desde julho de
2013 –, a contratação do camisa 30 celeste não tardou para se mostrar mais do
que acertada. Ele é o artilheiro do time na temporada, se destaca nas
assistências e é quem mais chama a responsabilidade no elenco celeste. Um
possível pentacampeonato na competição passará por Thiago Neves.
Em
entrevista concedida ao LANCE! em fevereiro, Thiago Neves esperava obter
“equilíbrio” entre gols e finalizações.
– Se
serei mais artilheiro ou garçom só o tempo dirá. Tomara que consiga equilibrar
bem, pois só o Cruzeiro sairá ganhando com isso – destacou o jogador.
E a
previsão de TN30 se mostrou “acertada”. Ele é o goleador do time de Mano
Menezes na temporada, com dez gols, já soma oito assistências – também
liderando o quesito no elenco celeste – e é quem mais chama a responsabilidade
em campo: já são mais de 100 finalizações ao longo da temporada.
A
importância de Thiago Neves só cresceu após a lesão sofrida por Arrascaeta, a
então referência no setor criativo. O uruguaio voltou a atuar, mas ainda busca
ritmo.
A
torcida celeste aposta e confia em TN30 para ver o Cruzeiro largar na frente na
busca pelo pentacampeonato da Copa do Brasil.

COMENTÁRIOS: